Publicidade
Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 19º C

Três menores desaparecem e quatro são abusados sexualmente no mês de outubro em Camboriú

Somente neste ano, 38 menores foram vítimas de abuso e 36 desapareceram

Carla Superti
Vale
Arquivo Núcleo de Prevenção e Combate às Drogas e a Pedofilia/ND Vale
Nos casos de abusos, criminosos geralmente são amigos da família das vítimas

 

 

Camboriú registrou três casos de crianças e adolescentes desaparecidos e quatro de menores que foram abusados sexualmente no mês de outubro. Os dados foram divulgados nesta semana pelo Núcleo de Prevenção e Combate às Drogas e a Pedofilia. Somente neste ano, 38 crianças foram vítimas de abuso e 36 desapareceram de casa.

Todos os casos de desaparecimento foram solucionados. Segundo o órgão, na maioria das vezes as crianças e adolescentes fogem de casa por motivos como envolvimento com drogas, namorados, conflitos no lar, entre outros. Os jovens fogem sem dar notícias ou deixam cartas dizendo adeus e depois de uns dias voltam para casa, de onde não desaparecem mais. Casos de desaparecimentos envolvendo sequestro são poucos registrados na região.

Abusos sexuais são normalmente denunciados pelo Disque 100 anonimamente. A maioria das vítimas na cidade em 2014 são meninas entre cinco e 13 anos. Os autores geralmente são conhecidos da família das vítimas, às vezes até mesmo pais, padrastos e irmãos. Conforme o Núcleo, uma curiosidade é que nenhum dos homens que cometeram o crime neste ano tinha passagens pela polícia e alguns deles chegaram a abusar sexualmente de crianças mais que uma vez.

 

Outubro registra uma internação de menor por uso de drogas

 

Durante o mês de outubro, apenas um menor de idade foi internado por uso de drogas em Camboriú. No total, em 2014, foram feitas 22 internações, de oito meninas e 14 meninos.

O Núcleo de Prevenção e Combate às Drogas e a Pedofilia ressalta que o número de meninas envolvidas com entorpecentes neste ano assusta. Em 2013, apenas duas foram encaminhadas para centros de recuperação. Segundo os dados levantados, as drogas mais usadas por meninos são crack e cocaína. As meninas utilizam mais cocaína.

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade