Publicidade
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 19º C

Militares chegam em Itajaí para auxiliar no combate à dengue

Soldados iniciam os trabalhos na terça-feira (16)

Bruna Bertoletti
Divulgação/Victor Schneider/Defesa Civil/ND
Objetivo da equipe é conscientizar a população e contribuir para exterminar o mosquito

 

Os soldados do 23º Batalhão de Infantaria de Blumenau começam a atuar no combate à dengue, em Itajaí, nesta terça-feira (16). A equipe formada por 35 militares ficará alojada no Parque Municipal do Agricultor, no bairro Baia, a partir de segunda-feira (15). O primeiro dia de ação será no Bairro São Vicente, logo após a cerimônia de abertura na Escola Anibal Cesar, às 8h. A região registra a maior concentração de casos da doença na cidade.

Os militares começam os trabalhos no entorno da Rua Estefano José Vinolli, contanto om o auxílio de 14 duplas formadas por agentes epidemiológicos do município. No segundo dia de operação, as equipes vão fiscalizar as casas e conversas com os moradores do loteamento Bambuzal. 

As visitas também vão acontecer nas regiões que tiveram recusa dos proprietários na fiscalização, como os bairros Cordeiros e São João. Segundo o Batalhão, de 30 a 35% das residências não puderam ser vistoriadas pelos agentes de saúde porque a entrada não foi permitida. Nos próximos dias, com o reforço dos soldados, 77 pessoas estarão atuando nesta nova fase de combate ao mosquito transmissor da dengue.

Com a chegada do inverno a população diminui os cuidados para evitar o Aedes Aegypti, o que pode influenciar na infestação da doença nos meses quentes do ano. Toda a equipe passou por um treinamento teórico e prático de três dias com profissionais da Secretaria Estadual de Saúde. A previsão é de que a estada do Exército em Itajaí dure 30 dias. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade