Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Justiça afasta equipe médica do Hospital Marieta em Itajaí

Investigação do Ministério Público apurou alto índice de mortalidade em cirurgias cardíacas

Anderson Bernardes
Vale

A Justiça determinou o afastamento de três médicos integrantes da equipe responsável pelas cirurgias cardíacas no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí. Eles são acusados pelo Ministério Público de prática irregular da medicina, pois apresentaram alto índice de mortalidade nos procedimento realizados no hospital.

Divulgação/ND Vale
Equipe atuava no maior hospital da região de Itajaí

Ação civil pública movida pelo Ministério Público de Santa Catarina contra o médico Milton de Miranda Santoro, cirurgião cardíaco, contra os médicos Pedro Evandro Alvin de Faria e Ricardo Fabian Gonzales Fiandro tem 33 volumes e é resultados de aproximadamente de dois anos de investigação.

De acordo com informações apuradas pelo promotor Fernando Comin, o índice de mortalidade nos atendimentos da equipe ultrapassava 34%, quando o aceito para um hospital de referência como Marieta Konder Bornhausen é, no máximo, 4,5%. “Havia muitos indícios de prática irregular da medicina, em relação aos índices alarmantes nos procedimento”, disse o promotor.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade