Publicidade
Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Hemosc disponibiliza 250 senhas para cadastro de doação de medula em Itajaí

Coletas serão realizadas nesta quarta-feira (9) no Campus da Univali

Bruna Bertoletti
Vale
Divulgação/Arquivo pessoal
Caso do menino Biel mobilizou onda de solidariedade no município

 

Uma ação especial do Hemosc deve mobilizar ainda mais a doação de medula óssea em Itajaí, nesta quarta-feira (9). Cerca de 250 senhas serão distribuídas no bloco F7 da Univali para cadastramento de voluntários do município.

A estimativa é que 100 coletas sejam realizadas, durante a manhã, das 9h às 11h30, e outras 150 no período da tarde, das 13h às 16h30. A ação contará com o apoio de acadêmicos dos cursos de Biomedicina e Farmácia e de profissionais do ambulatório de saúde da Universidade.

A iniciativa foi mobilizada pelo aumento de voluntários dispostos a fazer o cadastramento na doação de medula, após a repercussão do caso do menino Biel de Itajaí, que enfrenta uma leucemia grave.

O coordenador do Hemosc Blumenau e professor do curso de Biomedicina da Univali, Alexandre Geraldo, esclarece que esta ação será exclusivamente para o cadastro de medula óssea. “Serão coletados apenas 5 mL de sangue, em um único tubo, de cada voluntário. Desta forma, há uma logística de material técnico muito menor que a da coleta de sangue, como a realizada nas segundas-feiras, na Univali, e a capacidade aumenta”, explica o coordenador.

As senhas serão distribuídas por ordem de chegada, e os doadores serão isentos da cobrança de estacionamento no Campus.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade