Publicidade
Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 19º C

Caso do caminhão que despejou dejetos de peixe em Camboriú é passado para a Polícia Ambiental

Vídeo mostra momento do incidente e também a queda de dois motociclistas por causa da sujeira espalhada no local

Carla Superti
Vale

A Fundação do Meio Ambiente de Camboriú (Fucam) protocolou na quinta-feira (7) os relatórios sobre o caminhão fossa que despejou dejetos de peixe na rua Monte Bandeira, bairro Monte Alegre, em Camboriú. O caso aconteceu na terça-feira (5), por volta das 6h. Um motorista da empresa responsável pelo recolhimento dos dejetos, morador de Camboriú, foi para casa com o caminhão carregado. Na hora de deixar a cidade para ir trabalhar, causou o incidente, possivelmente após passar em uma lombada. Ele fugiu, mas foi localizado pelas gravações de uma câmera de segurança da Polícia Militar no local.

Núcleo de Prevenção as Drogas e a Pedofilia/Divulgação ND/Arquivo
Secretaria de Obras da cidade foi a responsável pela limpeza da rua

Equipes da secretaria de Obras de Camboriú passaram boa parte do dia limpando a sujeira. Estabelecimentos comerciais do local chegaram a fechar a porta, pois não aguentavam o forte odor deixado pelo rastro de aproximadamente 15 mil litros de dejetos de peixe. Máscaras foram distribuídas para moradores e pessoas que passavam no local.

No momento que o caminhão derrubou os dejetos, a câmera de segurança mostra que dois motociclistas chegaram a cair em cima da sujeira. Eles não conseguiram desviar e acabam derrapando.

Agora, a Polícia Ambiental de Tijucas deve ouvir o dono do veículo e, a partir daí, deve elaborar uma denúncia formal ao Ministério Público. Após isso, a Justiça aplicará ou não uma multa pelo crime ambiental.

Assista ao flagra da câmera de segurança da Polícia Militar:

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade