Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Equipe feminina vence a In Port Race em Auckland

Brasileiro comanda a equipe SCA

Redação ND
Vale
Divulgação/ND Vale
SCA é o única veleiro com tripulação feminina

O sábado (14) foi de competição na vila da regata em Auckland. As seis equipes participaram da In Port Race, uma prova que serve como aquecimento para a largada, e que acontece em todas as paradas da Volvo Ocean Race. Desta vez, a campeã da prova foi a única equipe feminina da Volvo, a SCA, comandada pelo velejador brasileiro Joca Signorini. "Acreditamos que a cada prova e a cada etapa da competição as meninas da SCA possam estar melhores e cada vez mais bem preparadas", comenta Joca.

A In Port Race não soma pontos na corrida principal da Volvo Ocean Race. É uma competição a parte e que pode ser usada em caso de empate das equipes. Nesta competição a equipe Brunel da Holanda está na frente. Apesar de tudo ter corrido bem na In Port, existe uma grande tensão em Auckland por causa do ciclone Pam, que segue pelo oceano pacífico e pode chegar a cidade na madrugada desta segunda (16). Este já está sendo considerado um dia piores ciclones desde 1987 e já atingiu várias ilhas no oceano.

Aos poucos a Vila da Regata está sendo desmontada porque a organização não quer comprometer a estrutura que precisa seguir para outros países. Os jornais locais falam de cancelamento de voos. O clima em Auckland é de atenção e durante todo o dia equipes de televisão falam sobre o clima e os cuidados recomendados pela defesa civil local.

Por isso, a largada da volvo Ocean Race para Itajaí está cancelada por enquanto. Ao que tudo indica, antes de quinta-feira os veleiros não devem partir.

Christina Ramires, de Auckland, na Nova Zelândia. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade