Licenças online

A implantação pelo IMA (Instituto do Meio Ambiente) de um novo sistema de licenciamento ambiental, completamente automatizado e online, chega para quebrar paradigmas e mostrar que é possível aliar desenvolvimento econômico e meio ambiente.

O primeiro setor beneficiado é o agroindustrial, por meio das licenças para avicultura, mas em breve o sistema estará disponível também para postos de combustíveis e sistemas de telefonia.

O principal ganho do sistema está na redução da burocracia que tanto atrapalha o licenciamento e tantos outros serviços públicos. O IMA confia nas mais de 70 informações repassadas pelo interessado e emite a licença na hora, quando antes o processo podia demorar mais de um ano. A mudança também elimina o sistema de licenciamento triplo (prévio, de implantação e operação), já considerado arcaico.

Cabe agora ao empreendedor repassar informações fidedignas, para que esse sistema cresça e possa de fato ser aplicado em outras situações.

Há todo um esforço do Instituto para não atrapalhar o desenvolvimento do Estado e isso precisa ser reverenciado e reconhecido, ao mesmo tempo em que órgão também vem se esforçando para fazer cumprir as regras ambientais.

A expectativa é de que a mudança se transforme de fato em uma nova indutora de desenvolvimento e diferencial do Estado de Santa Catarina. Da mesma forma a medida em que o sistema for crescendo sobrará mais pessoal no IMA para ampliar as fiscalizações e acelerar os outros processos que ainda não estão automatizados. Na era da tecnologia, quanto mais os governos se atualizarem mais atenderão às demandas da população e mais eficientes eles se tornarão.

Mais Opiniões Editoriais

Editorial

A prisão preventiva do ex-presidente da República Michel Temer e mais nove pessoas, entre elas o ex-ministro Moreira Franco, […]

Editorial

Há cinco anos, o brasileiro começou a ver o que até então só ocorria em outros países. Políticos, empresários […]

Editorial

Sempre que se fala em economizar recursos públicos ouvimos políticos falarem em “cortar na própria carne”, em reduzir privilégios […]

Editorial

Vimos inúmeras vezes atiradores entrando em escolas nos Estados Unidos e matando crianças e sempre encaramos a situação como […]

Editorial

Num cenário cada vez mais desafiador, com o surgimento de novas mídias e novos hábitos do consumo de informação, […]