Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Tuberculose ainda preocupa em Chapecó

Em 2012 foram registrados 23 casos da doença; neste ano, já são seis pacientes confirmados

Redação ND
Oeste
Reprodução/RICTV Chapecó/ND Oeste
Principais sintomas da tuberculose, doença que é transmitida pelo ar

 

O dia 24 de março é o Dia Mundial de combate a Tuberculose, uma doença causada por bactéria, que pode levar o paciente a morte caso não seja tratada corretamente. Ataca principalmente os pulmões, mas também pode ocorrer em outras partes de corpo.

Mesmo com os avanços conquistados nos últimos anos, o número de casos de tuberculose no Brasil ainda preocupa. Em Santa Catarina, a situação é um pouco mais tranquila, com taxa menor do que média nacional. Em Chapecó, no ano passado, foram registrados 23 casos de tuberculose; neste ano, já são 6 pacientes confirmados. Entre eles, três são detentos. 

A propagação da tubeculose muitas vezes está ligada ao nível social, à falta de informação e de acesso aos serviços de saúde. De caráter infecto-contagioso, a doença é dividida em dois tipos: a pulmonar, transmitida de uma pessoa para a outra, e a extra-pulmonar, onde muitas vezes os sintomas não se manifestam.

No Brasil, a taxa de incêndia da tuberculose nos últimos anos tem se msotrado como uma das mais altas do mundo, com 38 casos para cada 100 mil habitantes. Com relação aos presos, o aparecimento da doença não significa que eles tenham sido contaminados na prisão, mas enquanto apenados, apresentam maior vulnerabilidade.

A rede de saúde de Chapecó informou que está em alerta para os casos da doença na cidade, e que realiza os exames para detectar a tuberculose. Além disso, os centros de saúde orientam os pacientes sobre os cuidados necessários para prevenir a contaminação de terceiros. 

Com informações do repórter Diego Antunes/RICTV Chapecó

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade