Publicidade
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 19º C

Seca no Meio-Oeste é uma das piores dos últimos cem anos no mês de novembro, segundo a Epagri

Joaçaba também decretou situação de emergência devido à estiagem

Gabriela Gibikoski
Oeste
Reprodução RICTV Xanxerê/ND Oeste
Estiagem no meio-oeste é uma das piores dos últimos 100 anos
Vários rios e riachos já começam a secar

 

A prefeitura de Joaçaba decretou situação de emergência no fim da tarde desta quarta-feira (5). De acordo com o prefeito Rafael Laske, a falta de chuva prejudicou grande parte das culturas no município. “O quadro climático de novembro prejudicou muito a produção de grãos e existe um apelo dos agricultores para avaliação criteriosa desse quadro”, enfatizou o prefeito.

O volume de chuva registrado neste mês no município é de apenas 15 milímetros. As principais perdas são registradas na produção de grãos, que em algumas propriedades já chega a 50%. Além disso, rios, riachos e açudes já começam a secar. O pasto, principal fonte de alimentação para o gado leiteiro, também está sento atingido pela seca.

De acordo com o meteorologista Clóvis Corrêa, da Epagri/Ciram, a estiagem registrada neste mês, no Meio-Oeste do Estado, é uma das piores dos últimos cem anos. A previsão não é nada animadora, com muito calor e pouca chuva para as próximos semanas.

Com o município de Joaçaba, o número de cidades em decreto de situação de emergência já chega a 10. Confira matéria sobre outras cidades prejudicadas pela seca, na matéria do RIC Mais.

Com informações Rádio Catarinense.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade