Publicidade
Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 23º C

RICTV Record lança sistema digital em Chapecó

O lançamento contou com a participação da apresentadora do programa Troca de Família, Christiane Flores

Nadia Michaltchuk
Oeste
Divulgação/Elizandro Giacomini/ND Oeste
Roberto Winter, Luciano Buligon, Marcello Petrelli, Albertino Zamarco, José Caramori, André Dias e Reynaldo Ramos

 

Olhos vidrados em telas virtuais durante o trajeto no transporte coletivo, famílias em silêncio para assistir o Jornal do Meio Dia. Nas mãos? Aparelhos eletrônicos. Homens e mulheres de diferentes faixas etárias, etnias, classes sociais e municípios, cada vez mais, utilizam as ferramentas digitais como principal fonte de informação.

Pensando na ascensão das mídias e na qualidade do sinal, som e imagem, o grupo RIC está, desde 2013, implantando o sistema HD (digital) em todo o Estado. A primeira região a receber o sinal digital em Santa Catarina foi Florianópolis. Em seguida a tecnologia HD expandiu-se para Joinville, Blumenau, Itajaí e, finalmente, nesta segunda-feira (9) foi a vez de Chapecó.

A inauguração iniciou às 11h, na sede da RICTV Record Chapecó, localizada no bairro Presidente Médici. O evento contou com a participação de autoridades locais, empresários, agências de publicidade e propaganda, produtoras e parceiros da RICTV Record de Chapecó e região.

Os municípios de Concórdia, Maravilha e São Miguel do Oeste e, em breve, São Lourenço do Oeste também serão beneficiados com a implantação do sistema digital. A partir de agora, a programação pode ser assistida em casa pela televisão, através do canal 10.1, ou em qualquer lugar, por dispositivos móveis, como smartphones, tablets e carros com televisão digital integrada. 

A apresentadora do programa Troca de Família, Christiane Flores, conduziu a cerimônia de lançamento. De acordo com a jornalista, a implantação do HD representa o conjunto dos principais itens para a reprodução de um conteúdo qualificado. “Quando você pensa em conteúdo, o importante é oferecer o melhor em entretenimento. Porém, isso apenas é possível com a junção da qualidade de produção, imagem e som”, destaca.

A inovação traz inúmeras melhorias, entre elas a possibilidade de mobilidade aos telespectadores. Conforme o vice-presidente do grupo RIC, Marcello Corrêa Petrelli, a TV em HD representa a revolução da televisão. "Fala-se muito que a televisão brasileira está passando pela maior revolução da história. O HD, além da qualidade de sinal, proporciona mobilidade, isso possibilita uma audiência muito mais abrangente", comenta

Para o diretor regional Oeste da RICTV Record, Roberto Winter, o investimento é mais um passo importante para o benefício de clientes, parceiros e telespectadores. “Gostaria de parabenizar o nosso presidente, Marcello Corrêa Petrelli, pela iniciativa em trazer mais este investimento para o Oeste do Estado. Mesmo em meio a um cenário de recessão econômica, ele enxergou a importância de seguir em frente com a implantação do HD”, ressalta o diretor.

O investimento reforça o compromisso da emissora com a qualidade de conteúdo e o desenvolvimento socioeconômico em Santa Catarina. O sinal analógico continua ativo na região até 2018, segundo o Ministério das Comunicações, até lá todos os equipamentos devem ser substituídos.

Divulgação/Elizandro Giacomini/ND Oeste
Christiane Flores
Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade