Publicidade
Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 18º C

Cartilha de educação sexual gera polêmica em Joaçaba

Material teria sido distribuído entre alunos de uma escola pública do município

Redação ND
Oeste

A distribuição de uma cartilha didática entre alunos da Escola Estadual Deputado Nelson Pedrini gerou polêmica em Joaçaba. O material, elaborado pelos Ministérios da Saúde e da Educação, é voltado à educação sexual de crianças com idade entre 7 e 9 anos e traz uma série de ilustrações com personagens sem roupa, além de imagens com alusões a prática de sexo e masturbação. 

Divulgação/Rádio Catarinense/ND Oeste
Material foi elaborado pelo MEC e pelo Ministério da Saúde

 

Em Joaçaba, a mãe de um aluno de 8 anos ficou revoltada por considerar o material como obsceno e impróprio para crianças e alertou outros pais. A gerente de Educação da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Joaçaba, Maria Doré, afirmou que a cartilha foi distribuída pelo Ministério da Educação em 1997 e logo depois foi recolhida. "O que aconteceu é que alguns exemplares acabaram ficando na biblioteca da escola e foram encontrados durante uma mudança", explica.  

Ainda segundo Maria, será realizada uma reunião na quinta-feira (12) para esclarecer o tema com os pais dos alunos que receberam o material. Ela acredita que a cartilha, intitulada "Tô Crescendo", possa ter sido distribuída sem que os funcionários da escola notassem o conteúdo, pois a capa não traz qualquer imagem que possa ser considerada explícita ou obscena. 

Divulgação/Rádio Catarinense/ND Oeste
Segundo a gerente de Educação de Joaçaba, a cartilha foi impressa em 1997 e distribuída em escolas públicas

 

Divulgação/Rádio Catarinense/ND Oeste
Mãe de um aluno considerou o conteúdo da cartilha obsceno

 

Com informações da Rádio Catarinense

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade