Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Anchieta decreta situação de emergência por causa da estiagem

A defesa civil do município aponta que 30% da população foi afetada pelo fenômeno

Redação ND
Oeste

O prefeito de Anchieta, Ari Prestes de Oliveira, atendendo a uma indicação da defesa civil do município, decretou situação de emergência por consequência da estiagem que tomou conta da região nos últimos dias. O documento foi assinado na quinta-feira (20).

Com o decreto, os agricultores, principais prejudicados pelo fenômeno, terão acesso a recursos especiais e ao Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro).

De acordo com o secretário da agricultura, Mario Signor, as perdas nas lavouras de milho podem chegar a 70% e nas de soja a 20%. A bacia leiteira do município, que gira em torno de 130 mil litros diários, teve a produção reduzida em 25%. Outro prejuízo contabilizado foi a demanda no serviço de silagem que, com a seca, teve uma antecipação na maturação e o acúmulo de serviço foi inevitável.

A defesa civil concluiu que 30% da população foi afetada pela estiagem e, após o levantamento, o prefeito assinou o decreto que foi encaminhado a defesa civil do estado.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade