Publicidade
Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 18º C

Acervo do Centro de Memória da Unochapecó tem quase 40 mil peças arqueológicas

Objetos foram encontrados no subsolo da Usina Hidrelétrica Foz do Chapecó

Redação ND
Oeste
Reprodução RICTV Chapecó/ND Oeste
Mais peças ainda devem ser coletadas na região da usina

 

Em Chapecó, uma iniciativa ajuda a preservar a história do oeste catarinense. O Centro de Memória (Ceom) da Uochapecó já recebeu quase 40 mil peças que contam a história de grupos que povoavam a região.

Os objetos foram encontrados no subsolo da Usina Hidrelétrica Foz do Chapecó. O terreno passou a ser uma fonte de pesquisas em 2006 e estima-se que 70 mil peças ainda serão coletadas no local.

Uma estrutura para que o acervo seja exposto já está sendo montada no Ceom, e a partir deste ano a comunidade poderá conhecer um pouco mais sobre as antigas sociedades que habitavam o oeste. "Recentemente, recebemos um grande acervo com mais de 39 mil objetos arqueológicos de grupos muito antigos", conta a Coordenadora do Ceom, Mirian Carbonera.  

Grupos de caçadores viveram na área da usina entre seis e oito mil anos atrás. Depois disso, há cerca de mil anos, sociedades de agricultores tupis-guaranis e gês chegaram à região, e deixaram especialmente utensílios cerâmicos com formas e decorações variadas.

Com informações de Gleici Audibert/RICTV Chapecó

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade