Unicamp abre inscrição para 72 vagas do primeiro vestibular indígena

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) abriu nesta quarta (15) as inscrições para o primeiro vestibular indígena da instituição, que pode ser feita pelo site do processo seletivo. A medida integra o pacote de inclusão social da universidade. Hoje, o número de ingressantes indígenas tem variado de 7 a 17 por ano. Com o vestibular específico, o esperado é que o número suba para ao menos 32.

Dentre as 72 vagas oferecidas para indígenas, 49 são adicionais - Mário Vilela/Funai/Divulgação/ND
Dentre as 72 vagas oferecidas para indígenas, 49 são adicionais – Mário Vilela/Funai/Divulgação/ND

As inscrições terão de ser feitas exclusivamente pela internet até 14 de setembro. Serão oferecidas 72 vagas em 28 cursos de graduação da universidade. Do total de vagas, 23 são regulares e as outras 49 são adicionais – se não forem preenchidas, não migrarão para nenhum outro sistema de ingresso.

Para ter a inscrição validada, o interessado terá que comprovar que pertence a uma etnia indígenas. Também será exigido um atestado de que ele cursou todo o ensino médio na rede pública ou em escolas indígenas reconhecidas pelo MEC (Ministério da Educação).

A prova acontece em 2 de dezembro, em Campinas (SP), Dourados (MS), Manaus (AM), Recife (PE) e São Gabriel da Cachoeira (AM).

Geral