Seminário de Negócios Internacionais foi lançado em Joinville

A 12ª edição do Seni (Seminário de Negócios Internacionais será realizada nos dias 20 e 21 de outubro, em Jaraguá do Sul. O lançamento oficial ocorreu nesta quarta-feira (6 de julho), no Perini Business Park, em Joinville. O evento é promovido pelo Núcleo de Comércio Exterior da Acij (Associação Empresarial de Joinville) e deve reunir cerca de 1.200 profissionais de comércio exterior, empresários e estudantes.

Em onze anos, o Seni consolidou-se como o maior evento de soluções transnacionais da região Sul e a novidade deste ano é a ampliação da programação para dois dias. Um dia será dedicado aos workshops técnicos e o outro para palestras. “A ampliação foi para atender aos pedidos dos participantes”, explicou o presidente da comissão organizadora Mário Marques.

Um dos destaques será o ex-embaixador do Brasil em Londres e em Paris e atual presidente do Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC), Sérgio Silva do Amaral, que abordará o tema “Crescimento dos países e a geração de mercados”.

A palestra “Operacionalize seu programa de sustentabilidade”, ministrada pelo especialista em markting Julio Bin, também deve chamar a atenção dos participantes. Durante o lançamento do evento, o presidente a Acij Udo Döehler enfatizou a preocupação da entidade com o crescimento sustentável. “A sustentabilidade é um grande desafio para a nossa região e uma prioridade para a Acij. Nos próximos 10 anos a economia de Joinville deve dobrar e a população chegar próximo dos 750 mil habitantes. Precisamos pensar em um desenvolvimento econômico sustentável”, afirmou Döehler.

Debate sobre a desindustrialização

O futuro da indústria também estará em pauta. Líderes empresariais de Santa Catarina participarão do painel de desindustrialização. O tema vem sendo debatido nacionalmente desde 2007. De acordo com o presidente do Núcleo de Comércio Exterior da Acij, Eduardo Domingues, existem duas vertentes sobre o assunto. A primeira afirma que o país passa por um processo de desindustrialização motivado pela valorização do cambio que incentiva a importação de bens manufaturados.

Por outro lado, há quem defenda que a indústria está crescendo em função da exportação de produtos primários e que a questão seria apenas uma mudança na pauta de exportações. “Queremos trazer para esse painel o debate dessas duas vertentes”, enfatizou Domingues. Dados divulgados da Pesquisa Industrial Mensal Produção Física, realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia Estatística) mostram que a produção industrial nacional cresceu 1,8% nos primeiros cinco meses do ano na comparação com o mesmo período de 2010.

 

 

Programação

 

Dia 20 de outubro

 

14h – Operacionalize seu programa de sustentabilidade

Palestrante: Júlio Bin

 

Dia 21 de outubro

9h – Competitividade da indústria nacional e o mercado internacional

Palestrante: Miguel Jorge

10h – Internacionalização de marcas brasileiras: desafios e oportunidades

Palestrante: Daniela Khauaja

11h – Investimentos diretos e a internacionalização das empresas Brasileiras

Palestrante: Frederico Araújo Turolla

14h – Brasil competitivo no mercado internacional e a reforma tributária

Palestrante: Paulo Rabello de Castro

17h – Crescimento dos países e a geração de mercados

Palestrante: Sérgio Silva do Amaral

 

Inscrições: A partir de 1 de agosto pelo site www.senisc.com.br

Informações: (47) 3461-3333

Local: Teatro Scar, em Jaraguá do Sul

Economia