Santa Catarina gera 17.348 vagas de trabalho com carteira assinada em janeiro de 2018

Santa Catarina gerou um saldo de 17.348 novas vagas de trabalho com carteira assinada em janeiro, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho, divulgado no final da manhã desta sexta-feira (2). O número também representou o melhor resultado para o mês desde 2014, quando foi registrado saldo de 18.317 vagas.

Comparando com janeiro do ano passado, aumento no número de vagas foi de seis mil - Jaqueline Noceti/Secom/Divulgação/ND
Comparando com janeiro do ano passado, aumento no número de vagas foi de seis mil – Jaqueline Noceti/Secom/Divulgação/ND

“É mais uma boa notícia para Santa Catarina. Mostra a retomada da nossa economia. Vamos trabalhar alinhados aos setores produtivos, sem aumentar impostos, gerando competitividade, atraindo novos investimentos e desonerando a produção”, disse o governador em exercício Eduardo Pinho Moreira.

Comparando com janeiro do ano passado, o aumento no número de vagas foi de seis mil. Entre todos os estados, Santa Catarina ficou em terceiro lugar no mês, atrás de São Paulo (+20.278) e Rio Grande do Sul (+17.769). No Brasil, o saldo foi de 77.822 postos de trabalho. O saldo líquido catarinense de 17.348 vagas em janeiro é resultado do registro de 91.958 admitidos contra 74.610 desligamentos.

Dentre os setores econômicos que mais contribuíram para o bom desempenho de janeiro estão a indústria de transformação (8.051), serviços (4.812) e agropecuária (+4.141). O único indicador negativo foi no setor do comércio com (-1.847).

No ranking das cidades com mais de 30 mil habitantes, lideram a tabela de maiores saldos de emprego os municípios de Fraiburgo (+1.492) seguido de Joinville (+ 1.320), Blumenau (+910) e Florianópolis (+818).

Mais conteúdo sobre

Estado