Polícia Civil fecha mais uma casa de prostituição no Centro de Florianópolis

A operação Red Light, da Gerência de Jogos e Diversões da Polícia Civil, fechou nesta quinta-feira (25) mais uma casa de exploração sexual no Centro de Florianópolis. Conhecido como Castelinho, o estabelecimento funcionava na rua Tenente Silveira. Um cliente e cinco garotas que estavam no local foram detidos.

Divulgação/PCSC

Depoimentos afirmaram que os programas custavam entre R$60 e R$120.

Segundo os policiais, havia um deque com mesas e um bar onde os clientes compravam bebidas, além de quartos usados para a exploração sexual. Segundo a Polícia Civil, depoimentos afirmaram que os programas custavam entre R$ 60 e R$ 120.  

O grupo de pessoas que estavam no local foi encaminhado à 1ª Delegacia da Capital para prestar depoimento.

Além deles, também foram recolhidos documentos que comprovam que a casa faturou cerca de R$ 17 mil no cartão de crédito e R$ 910 em dinheiro que estavam em caixa. 

A dona do local não foi encontrada e consta um mandado de prisão em aberto contra ela. 

Geral