Morador de rua surta e precisa ser amarrado até chegada do Samu no Centro de Florianópolis

Durante um surto psicótico, um morador de rua agrediu uma equipe da Guarda Municipal no Centro de Florianópolis na manhã desta quarta-feira (22), precisando ser amarrado até a chegada de uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Uma viatura da Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência por volta das 8h30, no Largo da Alfândega. Quando os policiais chegaram ao local, encontraram o morador de rua em luta corporal com a equipe da Guarda.  Em conjunto, os agentes conseguiram algemar o morador, que, de tanto se debater, conseguiu quebrar o par de algemas, tentando agredir novamente os guardas municipais.

Os policiais acionaram o Samu, mas receberam a informação que o serviço não estava disponível naquele momento. Uma bombeira voluntária que passava pelo local se prontificou a ajudar e, com material apropriado, conseguiu amarrar e controlar o morador de rua.

Ainda conforme a PM, somente após inúmeros pedidos e 40 minutos depois do ocorrido, uma ambulância do Samu chegou ao local, dando o encaminhamento necessário para o morador de rua.

Polícia