Militares que participaram da missão de paz no Haiti chegam neste sábado em Joinville

Fotógrafo: Rogério Souza Jr

Soldado Maciel com a sobrinha Ana Emanuelle, que tinha menos de um ano quando o tio foi para o Haiti

Os 29 militares que participaram durante seis meses da missão de paz no Haiti voltaram no sábado para Joinville e foram homenageados no 62° Batalhão de Infantaria com uma placa comemorativa. Durante a solenidade o comandante do batalhão tenente-coronel Marcelo Soneghet Pacheco exaltou o trabalho dos militares. “Esses jovens são verdadeiros heróis ao defender a bandeira brasileira de maneira edificante. Agora podem colocar com orgulho no peito o símbolo da missão de paz no Haiti”, disse o comandante.

Os familiares estavam ansiosos para abraçar os  militares que estavam há seis meses longe de casa. Quando o  soldado Maurício Renan Maciel, de 22 anos, foi para o Haiti, a sobrinha Ana Emanuele tinha menos de  um ano. No sábado, o tio coruja foi logo colocando a boina azul na menina. “A saudade é grande. Mas a internet ajudou bastante.  Passei o tempo todo em contato com eles. Acho que conversamos mais enquanto eu estive  lá do que quando estou aqui. Chegava a faltar assunto”, brincou o soldado Maciel.

Leia mais na edição do Notícias do Dia desta segunda-feira

Cidade

Nenhum conteúdo encontrado