IGP-M, que reajusta aluguel, acumula 8,24% em 12 meses

Queda da taxa foi percebida nos três subíndices que compõem o IGP-M - Arquivo/Agência Brasil
Queda da taxa foi percebida nos três subíndices que compõem o IGP-M – Arquivo/Agência Brasil

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O IGP-M (Índice Geral de Preços–Mercado), usado no reajuste de contratos de aluguel, registrou inflação de 0,51% em julho, abaixo do 1,87% de junho deste ano e do 0,72% de julho de 2017.

Segundo a FGV (Fundação Getulio Vargas), o índice acumula inflação de 5,92% no ano e de 8,24% em 12 meses. As informações são da Agência Brasil.

A queda da taxa foi percebida nos três subíndices que compõem o IGP-M. O IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo), que mede o atacado, passou de 2,33% em junho para 0,5% em julho.

O IPC (Índice de Preços ao Consumidor), que mede o varejo, caiu de 1,09% em junho para 0,44% em julho. Já o INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) ficou em 0,72% em julho, ante 0,76% de junho.

Mais conteúdo sobre

Brasil

IGP-M, que reajusta aluguel, acumula 8,24% em 12 meses

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O IGP-M (Índice Geral de Preços–Mercado), usado no reajuste de contratos de aluguel, registrou inflação de 0,51% em julho, abaixo do 1,87% de junho deste ano e do 0,72% de julho de 2017.

Segundo a FGV (Fundação Getulio Vargas), o índice acumula inflação de 5,92% no ano e de 8,24% em 12 meses. As informações são da Agência Brasil.

A queda da taxa foi percebida nos três subíndices que compõem o IGP-M. O IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo), que mede o atacado, passou de 2,33% em junho para 0,5% em julho.

O IPC (Índice de Preços ao Consumidor), que mede o varejo, caiu de 1,09% em junho para 0,44% em julho. Já o INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) ficou em 0,72% em julho, ante 0,76% de junho.

Mais conteúdo sobre

Jornalismo