Escolas com nova proposta de ensino médio têm matrículas abertas na quarta-feira

Jovens de Santa Catarina que desejam cursar o primeiro ano do ensino médio em uma nova proposta de educação em tempo integral poderão se matricular, a partir de quarta-feira (1), em uma das 16 escolas catarinenses que participam do programa. A novidade busca ampliar a oportunidades de formação dos estudantes, revitalizando o modelo de ensino atual e apostando em diferentes metodologias.

Ensino Médio terá mudanças - Divulgação/Cristiano Prim/ND
Ensino Médio terá mudanças – Divulgação/Cristiano Prim/ND

Este ano, 14 cidades catarinenses terão instituições com a nova proposta, implementada por meio de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Educação, Instituto Ayrton Senna e Instituto Natura. As inscrições devem ser feitas nas próprias escolas, até o dia 6 de fevereiro.

Além do ensino das disciplinas tradicionais, como português, matemática e história, a novidade desenvolverá nos estudantes valores e competências essenciais para o sucesso na vida pessoal e profissional, como colaboração e responsabilidade. As aulas buscarão estimular a criação, a participação ativa e a colaboração entre os alunos.

Haverá também aulas baseadas na construção de projetos, como o Projeto de Vida, que levará os jovens a pensar, planejar e começar a construir sua trajetória pessoal, com o apoio dos professores e da família. Neste núcleo, os estudantes aprenderão a usar o conhecimento para resolver problemas e concretizar sonhos.

Algumas das diferenças em relação ao modelo atual de ensino médio são a integração das disciplinas, em que as matérias tradicionais também são organizadas em quatro áreas de conhecimento, e uma nova matriz de competências, em que é trabalhada a formação da autonomia dos estudantes e sua capacidade de fazer escolhas bem fundamentadas. O projeto também reforça o aprimoramento das práticas pedagógicas dos educadores e a parceria entre professores e alunos.

Sucesso no Rio de Janeiro

A proposta de educação integral para o ensino médio já é desenvolvida no Rio de Janeiro, no Colégio Estadual Chico Anysio, há quatro anos. Nesse período, o número de alunos com bons resultados em matemática foi dez vezes maior que nas outras escolas da rede. Em português, o número foi quatro vezes maior. Pelos altos níveis de aprendizagem, o colégio se destacou entre as melhores escolas públicas no Enem 2016, sendo o primeiro colocado entre as escolas de mesmo nível socioeconômico no estado do Rio de Janeiro.

Confira as cidades que receberão a proposta em Santa Catarina:

Florianópolis – EEB Dom Jaime de Barros Câmara

Itajaí – EEM Elfrida Cristiano da Silva

Palhoça – EEB Governador Ivo Silveira

Santo Amaro da Imperatriz – EEB Nereu Ramos

Joinville – EEB Eng. Annes Gualberto, EEB Senador Rodrigo Lobo e EEB Presidente Médici

Jaraguá do Sul – EEB Prof. Heleodoro Borges

Capinzal – EEB Mater Dolorum

Canoinhas – EEB Almirante Barroso

Itapiranga – EEB São Vicente

Cocal do Sul – EEB Prof. Padre Schuler

Urussanga – EEB Caetano Bez Batti

Cordilheira Alta – EEB Cordilheira Alta

Guatambu – EEB Leonor Lopes Gonzaga

Chapecó – EEB Coronel Ernesto Bertaso

Estado