Câmara de Florianópolis instala CPI para investigar aniversário da cidade

Na próxima segunda-feira (9), Comissão Parlamentar de Inquérito formada para investigar se houve tráfico de influência na realização da festa de aniversário da cidade deve definir presidência e relatoria. Nesta quinta, os partidos apresentaram os nomes dos parlamentares que formam a comissão: Afrânio Boppré (PSOL), Pedrão (PP), Claudinei Marques (PRB), Rafael Daux (PMDB) e Roberto Katumi (PSD).

A proposta da CPI foi apresentada em março deste ano, após manifestação de oito parlamentares, o mínimo exigido pelo regimento, mas acabou arquivada na época por decisão unilateral do presidente da Casa, Guilherme Pereira (PR). A autorização para instalação da comissão só veio após manifestação do juiz Laudenir Fernando Petroncini, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Florianópolis, que apontou que o pedido cumpria os quesitos constitucionais e determinou sua instalação.

Agora, o relator da Comissão terá dez dias para apresentar relatório preliminar com fato determinante para dizer se há ou não elementos suficientes para continuidade das investigações. Se apresentado fato determinante para continuação das investigações, os vereadores vão analisar se ocorreu tráfico de influência do ex-secretário de Desenvolvimento Econômico e Social, Doreni Caramori Junior, e sua empresa GBC Eventos na realização da festa de aniversário da cidade e Carnaval. Segundo tem sustentado o município, os eventos não foram custeados com verbas públicas. 

Cidade

Nenhum conteúdo encontrado