Cadeirante é morto com um tiro no peito, na Enseada do Brito, em Palhoça

Atualizada às 21h40

Uma discussão, por motivos fúteis, em uma comunidade indígena localizada na Enseada do Brito, em Palhoça, terminou e tragédia no meio da tarde deste domingo (2). Um Denilson Castro Ramos Soares, 49, que é cadeirante, foi morto com um tiro no peito dentro de casa. Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito do assassinato, identificado como Antônio Delmar dos Santos, 43, morava com o portador de necessidades especiais. Após o disparo, o Antônio fugiu. A PM foi acionada e fez buscas na região, mas não conseguiu localizar  o suspeito.  

Região

Nenhum conteúdo encontrado