Argentino é encontrado degolado dentro de casa no bairro Floresta, em São José

Atualizado

Um homicídio chocou os moradores do bairro Floresta, em São José. Um argentino de cerca de 35 anos foi encontrado morto dentro da própria casa na tarde desta terça-feira (13). A vítima, que segundo informações repassadas à polícia morava há dez anos no Brasil, foi degolada e teve o órgão genital arrancado. De acordo com o delegado Manoel Galeno, encarregado da investigação, o crime ocorreu na madrugada de terça e o suspeito não havia sido localizado até a manhã desta quarta-feira (13).

Próximo ao corpo do homem, os policiais se depararam com a imagem de um pentagrama, desenhada com sangue na parede. O símbolo, que inclui uma estrela dentro de um círculo, estava acompanhado de palavras ilegíveis.

Conforme apurou a Polícia Civil, o argentino era homossexual e bastante conhecido no bairro. Ele morava sozinho e trabalhava em uma loja de materiais de construção e decoração no bairro Picadas do Sul.

Segundo a Polícia Militar, vizinhos relataram que um homem foi visto saindo da casa com pertences da vítima. A Polícia Civil confirmou que um homem teria sido visto deixando o local, mas não soube dizer se ele carregava algum objeto. No entanto, o delegado Galeno adiantou que a casa da vítima foi encontrada revirada e há possibilidade de ter ocorrido luta corporal.

A perícia deve ser realizada nesta quarta e a DIC (Divisão de Investigação Criminal) de São José segue com as investigações. O delegado, até a manhã desta quarta, ainda havia apurado a motivação e as circunstâncias do crime.

Mais conteúdo sobre

Polícia