Publicidade
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 19º C

Vitor Oliveira lança nesta sexta em Joinville seu romance

A segunda parte, que já foi escrita, será lançada em seis meses

Redação ND
Joinville
Rogério Souza Jr./ND
Cenário. Vitor ambientou a história em seu bairro, o Aventureiro

 

Uma guerra que começa entre um povo que não deveria saber o significado deste tipo de conflito. É neste cenário que vivem William e Cristina, em um futuro distante, na nação chamada de Nova Esperança. O autor do livro de ficção que será lançado hoje é um joinvilense de 21 anos. Vitor Oliveira demorou um ano e meio para escrever "As Crônicas de Nova Esperança - Causas, Desenvolvimento e Desfecho de uma Guerra Bicentenária", pela Editora Multifoco do Rio de Janeiro. Foi ideia da editora dividir o livro em dois volumes. O primeiro será apresentado ao público nesta sexta. A segunda parte, que já foi escrita, em seis meses.

Em uma nação dividida entre democracia e ditadura, Will, um jovem de família humilde mas com uma capacidade intelectual impressionante, descobrirá algo que pode dar a vitória ao seu povo. Ele, Cristina e alguns companheiros redescobrem a navegação e partem para outro continente em uma aventura que se passa na região Norte de Joinville em busca de tecnologia do passado. “Como nunca saí daqui, esta parte do livro se passa por aqui. Claro que não tem nenhuma característica atual”, revela o morador do bairro Aventureiro.

Foram criados mais de 100 personagens e suas histórias serão contadas nos dois volumes. “O livro é recheado de aventuras, alegrias, infortúnios e revelações improváveis nesta épica trajetória”, conta. A busca pela paz e a harmonia deste destemido grupo faz com que procurem informações sobre armas e navegação já que o povo não tem informações sobre isto. “Esta nação surgiu após uma grande guerra. Ao ver a corrida armamentista, um bilionário cria um local seguro e abriga 300 crianças e 70 adultos”, revela Vitor.

Assim que a guerra acaba, a superfície está devastada e os adultos começam a reerguer um novo mundo, sem passar informações sobre todas as coisas que remetem a uma guerra. “As crianças são criadas em uma cultura de paz. O problema é que a população foi crescendo e, ao longo dos séculos, surgiu o conflito e dividiu as pessoas”, explica o estudante de história.

Vitor conta que se inspirou em livros escritos por veteranos de guerra e toda a literatura que fala deste tipo de conflito. Na época que começou a escrever, apenas frequentava as aulas de história na Univille e passava a madrugada na frente do computador criando sua aventura. Agora trabalha como auxiliar de escritório e sonha em se tornar professor e também escritor. Vitor também se dedica a criar contos e vai participar de um concurso lançado pela editora que publicou seu livro.

 

Serviço

O quê: lançamento do livro "As Crônicas de Nova Esperança - Causas, desenvolvimento e desfecho de uma guerra bicentenária", de Vitor Oliveira

Quando: sexta-feira (22), às 19h

Onde: anfiteatro 1 da Univille

Quanto: exemplar custa R$ 39,90. Após o lançamento, livro pode ser comprado pelo site www.editoramultifoco.com.br

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade