Publicidade
Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 22º C

Os primeiros acordes do Carnaval 2016 começam a ser ouvidos em Joinville

Serrinha escolhe neste sábado as suas soberanas. Diversidade apresenta samba-enredo inspirado em heroísmo no dia 21

Suelen Soares da Silva
Joinville
Divulgação/ND
Hora da realeza da Acadêmicos do Serrinha, a mais antiga escola de Joinville, passar a faixa para as sucessoras

 

Aos poucos, os acordes do que será o Carnaval de 2016 em Joinville começam a ser ouvidos. As agremiações, em silêncio, se organizam para a escolha das cortes e também do samba-enredo que irão desfilar na avenida Beira-rio no próximo ano. Entre as instituições que planejaram atividades para próximos dias, a Associação Cultural Escola de Samba Acadêmicos do Serrinha elege neste sábado (14) as soberanas que irão representar a escola mais antiga de Joinville na avenida.

O concurso ocorrerá às 21h, no Centro Social Urbano do Iririú (rua Tuiuti, 1.010). Haverá apresentação da bateria da escola, que irá cadenciar a escolha da nova rainha da agremiação, rainha da bateria e princesas. Após a escolha, a animação fica por conta do grupo Samba de Saia de Curitiba. O ingresso está à venda com a diretoria da escola a R$ 15.

Atual campeã do Carnaval de rua de Joinville, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Diversidade definiu como enredo o tema “Cada herói tem o seu tempo, cada tempo tem seu herói”, que será apresentado em forma de samba-enredo no dia 21 de novembro, a partir das 19h30, no Centro Social Urbano do Itaum (rua Arlíndo Pereira de Macedo, 225).

Nesta mesma noite, também serão conhecidas a rainha e a princesa da escola. Segundo o carnavalesco e presidente da agremiação, Jackson de Oliveira, o enredo é inspirado em homens e mulheres que buscam seus ideais e que se tornaram verdadeiros heróis e inspiraram gerações.

Personalidades como Alexandre “O Grande”, Aristóteles, Sócrates e Hipócrates farão companhia à figura religiosa de São Francisco de Assis e o símbolo da liberdade negra Zumbi dos Palmares, alguns dos heróis que serão lembrados.

“Cada um de nós tem seus próprios heróis, na vida real ou não, no dia a dia, nas ruas, em qualquer lugar. Em muitos momentos de nossa vida, somos nós mesmos os nossos próprios heróis, basta tentar, confiar e acreditar. E nisso que a Diversidade crê e quer contar em seu desfile. Venha conosco fazer parte desta história”, convida Oliveira.

Além do lançamento do samba-enredo e da escolha da nova corte da Diversidade, a festa também terá apresentação da bateria Gladiadores, da Diversidade, Copa Lord, de Florianópolis, do grupo Gigi e seus Bambas e roda de samba. O evento é aberto à comunidade e os ingressos custam R$ 10. As inscrições para as candidatas a rainha da escola ainda estão abertas e são gratuitas. Os telefones para contato são 47/9619-7443 e 47/ 8438-4056.

Ainda sobre festa, a Escola de Samba Dragões do Samba comemorou três anos no dia 6 de novembro. Dentro dos preparativos para o Carnaval 2016, a agremiação anunciou no mês passado o nome de Jocimar Chanceller para ser o novo mestre de bateria da escola.  

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade