Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Mônica completa 50 anos neste domingo

Mais de um bilhão de revistinhas foram vendidas em todo o mundo desde 1970

Redação ND
Joinville

Divulgação
Evolução. De 1963 até hoje, personagem passou por mudanças

 

Baixinha e dentuça, Mônica se tornou a principal personagem dos quadrinhos de Mauricio de Sousa, e uma das figuras mais conhecidas dos gibis brasileiros. Tendo surgido em 3 de março de 1963, ela conquistou os leitores. "Dizem que quando uma mulher chega, toma conta. Foi o que ocorreu com ela", brinca Mauricio de Sousa.

E os 50 anos de Mônica serão celebrados com eventos no ano todo. O primeiro é a mostra Sansão Também Faz 50 Anos, em cartaz no Memorial da América Latina, com versões do coelho feitas por mais de 50 cartunistas.

Mônica também estará em abril no musical "Mônica e Cebolinha no Mundo de Romeu e Julieta", no teatro GEO. Fora isso, haverá brinquedos, roupas e gibis comemorativos.

A primeira aparição da dentuçinha foi acertando Cebolinha com seu coelhinho, em uma tirinha de jornal do personagem que fala tudo “elado”, em 1963. Mesmo como coadjuvante, ela já mostrava a que veio. Desde então o traço da personagem evoluiu e ela ganhou a cena, tendo a primeira revistinha da Turma da Mônica lançada em 1970.

O criador, Mauricio de Sousa, se inspirou em sua filha, de mesmo nome, para construir a personagem. Desde o temperamento forte até a estatura baixa, a constituição gorducha e os dentes produberantes foram observados por ele e tornados mais caricatos na personagem. O próprio Sansão é inspirado em um coelhinho de pelúcia que a Mônica – de carne e osso – carregava para todo lado quando criança. Então não é à toa que Mauricio de Sousa se autointitula de “pai da Mônica”. Ele é pai biológico de uma, e pai criador de outra.

Em 1963, quando Mônica foi criada, era comum vê-la castigando Cebolinha com violentas coelhadas. Hoje, essas surras já não são tão explícitas. Os quadrinhos apenas mostram a dentuça correndo atrás dos seus rivais, dando a entender que eles vão apanhar.

Para Mauricio de Sousa, isso ocorre por causa da "patrulha do politicamente correto". "Isso dá uma brecada na criatividade. Está cheio de patrulheiros. Tem de haver uma reestruturação dessa situação", diz ele, acrescentando que histórias de décadas atrás hoje seriam barradas pelas editoras.

 

Cronologia

 

1963 – Mônica aparece pela primeira vez em uma tirinha de jornal, ao lado do Cebolinha

1970 – É lançada a primeira revistinha da “Mônica e sua turma”

1971 – Sai o primeiro LP da turminha, “Bandinha da Turma da Mônica”

1982 – A turminha chega aos cinemas com “As aventuras da Turma da Mônica”, longa em forma de quatro episódios

1991 – Sai o primeiro videogame da Turma da Mônica, “Mônica no castelo do dragão”, para o Sega Master System

1993 – É criado o Parque da Mônica no Shopping Eldorado, em São Paulo, que funcionou no local até 2010

2004 – O canal de desenhos animados Cartoon Network começa a exibir a série de animação da Turma da Mônica

2008 – É lançada a série de gibis da Turma da Mônica Jovem, no estilo de mangá

2012 – Novo aplicativo “Quero ser Turma da Mônica” para iPhone e iPad permite criar personagens da turminha

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade