Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Fundação Franklin Cascaes cancela edição deste ano do Festival Isnard Azevedo

"Se for para fazer uma coisa mal feita, é melhor não fazer", disse o presidente da entidade, André Calibrina. Maior evento de teatro de Florianópolis completaria 23 anos

Marciano Diogo
Florianópolis

A FFC (Fundação Franklin Cascaes) cancelou a 23ª edição do Festival Isnard Azevedo, o mais importante e tradicional evento de dramaturgia de Florianópolis. "Se for para fazer uma coisa mal feita, é melhor não fazer. Do jeito que está não dá nem para fazer um festival meia boca", disse o presidente da FFC, André CalibrinaSegundo ele, a falta de recursos motivou o cancelamento. 

Mariana Ferreira/Divulgação/ND
"O Homem Banda", um dos espetáculos apresentados no Floripa Teatro em 2015


"Essa situação já estava prevista pelo corte de despesas e situação econômica em que se encontra o país. Tentamos levar até onde dava, mas esse ano infelizmente não será possível", afirmou Calibrina.

Segundo o presidente da Fundação Franklin Cascaes, o cancelamento do festival também é ocasionado pela falta de patrocínio cultural. "O que falta é uma união de verdade e comprometimento dos empresários. A falta de patrocínio é o que também motiva o cancelamento porque parte do festival é feito através de Lei Rouanet. Lamento o cancelamento e também a situação financeira que assola o país. Agora vamos trabalhar para deixar um bom alicerce para que o evento possa voltar a acontecer no próximo ano", disse.

O Festival Isnard Azevedo vem sendo realizado nos últimos 22 anos impulsionando o circuito das artes em Florianópolis. Somente em sua última edição, que aconteceu de 17 a 25 de outubro de 2015, o Floripa Teatro promoveu 85 sessões teatrais apresentadas por 47 grupos e coletivos de sete estados do Brasil e três internacionais.

:: Saiba mais sobre a história do Floripa Teatro - Festival Isnard Azevedo.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade