Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Filme O Aquário de Antígona será lançado nacionalmente neste sábado em Joinville

Produção do cineasta joinvilense, Alceu Bett será lançado no sábado (20), ás 11h, no GNC Cinemas do Shopping Mueller

Suelen Soares da Silva
Joinville

Uma mistura de cinema, fotografia e poesia. “O Aquário de Antígona”, novo filme do cineasta e fotógrafo catarinense Alceu Bett, terá sua estreia nacional no sábado (20), às 11h, no GNC Cinemas do Shopping Mueller, em Joinville.

 

Divulgação/ND
Proposta da película é propor uma fábula moderna e quixotesca, explica o diretor Alceu Bett

 

O filme retrata uma história fantástica em que um homem interpretado pelo protagonista Severo Cruz, para não morrer é aconselhado por um rei a levar um aquário até o mar. De acordo com Bett, a proposta da película não é criar uma história clássica, mas propor uma fábula moderna e quixotesca que se aproxime o máximo possível do cotidiano das pessoas.

Um cotidiano esse cada vez mais tomado pelo tédio e pelo pior dos males: a corrupção do pensamento. “O filme é uma proposta de um cinema não linear, mas fragmentado. É uma proposta de arte e experimentação para quem assiste o filme e de alguma forma se identifica com a história”, explica.

A produção também é uma homenagem ao Severo, que emociona com passagens reais da sua vida. Com lembranças que são trazidas por ele através da sua sensibilidade despertada ainda cedo e das tentativas frustradas da família em cerceá-las. Uma viagem que demonstra a fragilidade psicológica do personagem, que por vezes vive a fantasia e outrora a realidade. Segundo Bett, o ator merecia esta homenagem, devido ao seu trabalho no cinema catarinense, na música e no teatro. “O Severo é de uma grandiosidade única. Um ator com mais de 30 filmes e ninguém tinha feito nada para ele”, destaca.

No elenco, além de Severo, a atriz e miss Joinville, Amanda Felski, o ator Robson Benta, o escritor e diretor de teatro Borges de Garuva, o ator e cantor inglês Martin Rodrigues Callaghan, o psicanalista Leovanil Stage Filho, a bailarina Meyriane Goncalves e o músico Guappo Sauerbeck.

Entre as locações para as filmagens, merecem destaque as areias brancas da praia da Enseada, o casarão dos Rhinow, com seus altos coqueiros, na cidade de São Francisco do Sul, e as casas de pedra antiga de Nova Veneza, onde em seus devaneios Severo contracena com o Grupo Folclórico Ítalo-Brasileiro Nova Veneza.

Edição para colecionadores

O curta-metragem, que contou com participação do escritor Fernando Karl na construção do roteiro, foi aprovado pelo Mecenato do Simdec 2013 e foi produzido em cinco meses, entre captação e finalização. Ao todo, entre figurantes e equipe técnica, 80 pessoas participaram das rodagens. Na produção executiva, Andréia Oliveira. A fotografia do filme ficou por conta de Amir Sfair Filho e também de Bett.

Quem quiser levar o filme para casa, a produção irá disponibilizar uma edição limitada de 120 unidades de filmes, em latas personalizadas para colecionadores, entusiastas e amantes do cinema. O valor da lata é R$ 20 e a reserva pode ser feita pelo e-mail filmeaquario@gmail.com.

“O Aquário de Antígona” é o segundo filme dirigido pelo cineasta joinvilense. A estreia de Alceu Bett no cinema foi em 2012, com o curta-metragem “As Mortes de Lucana”. Com mais de duas décadas de carreira, Bett também é fotógrafo e há anos registra o Festival de Dança de Joinville. Além disso, fotografou companhias de dança da Europa, entre elas, a da bailarina e coreógrafa alemã Pina Bausch. Outro projeto comandado por ele é a Galeria 33, um espaço cultural em Joinville.

Serviço

O quê: lançamento do filme “O Aquário de Antígona”

Quando: sábado (20), às 11h

Onde: GNC Cinemas do Shopping Mueller

Quanto: gratuita, com reserva antecipada também pelo filmeaquario@gmail.com

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade