Publicidade
Domingo, 23 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Círculo de Leitura de Florianópolis discute traduções de Shakespeare

Encontro acontece nesta quinta (22) e terá a presença do professor Rafael Rafaelli

Paulo Clóvis Schmitz
Florianópolis
21/06/2017 às 18H25

O Círculo de Leitura de Florianópolis realiza nesta quinta-feira, dia 22, às 18h30, o encontro temático “Shakespeare: sua tradução”, com a presença do professor Rafael Rafaelli, responsável pela transposição para o português de várias obras do autor de “Macbeth” e “Romeu e Julieta”. Professor titular da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), vinculado aos cursos de Psicologia e Cinema, Rafaelli é psicólogo, mestre em psicologia social, doutor e pós-doutor em psicologia clínica pela PUC-SP, com pós-doutorado em teatro pela UFSC. O evento, aberto a todos os interessados, será na Sala Harry Laus da Biblioteca Universitária, localizada no campus da Trindade.

Nascido em 1564 em Stratford Upon-Avon, no Reino Unido, William Shakespeare é um dos maiores escritores universais. Durante mais de quatro séculos, suas obras ganharam todos os continentes, foram objeto de inúmeras traduções e, sobretudo no século XX, migraram para o teatro e o cinema. Rafael Rafaelli é um dos especialistas no bardo inglês e traduziu, no ano passado, “Sonhos de uma noite de verão” e “A tragédia de Macbeth” para o português, em volumes publicados pela Editora da UFSC. Nos dois casos, a edição é bilíngue.

Ao falar de “Macbeth”, o tradutor define a obra como “densa, enigmática, estranha, sinistra”. A suspeita é de que a tragédia tenha sido encomendada para representação na corte do rei James I, que unificou as coroas da Inglaterra e da Escócia ao suceder Elizabeth I. A trama se passa em torno da morte do rei Duncan, da Escócia, por Macbeth, que toma o trono, sem no entanto conseguir evitar o temor de ser vítima do mesmo golpe que dera para assumir o poder.

No caso de “Sonho de uma noite de verão”, também traduzido por Rafaelli, trata-se de outra peça fartamente encenada em todo o mundo. Baseado em figuras da mitologia e da literatura clássica greco-romana, o texto mistura três tramas simultâneas, todas envolvendo relações amorosas. Para muitos leitores e espectadores, “Sonho...” é o primeiro contato com a obra de Shakespeare.

O Círculo

Criado há mais de 10 anos pelo poeta e professor Alcides Buss, o Círculo de Leitura de Florianópolis consiste em encontros periódicos que permitem ao convidado e aos presentes discutirem informalmente sobre os livros que estejam lendo, as leituras do passado e as influências de outros autores sobre o seu trabalho. A partir de 2015, o projeto ganhou novo formato, com encontros temáticos e mais espaçados entre si. Escritores, artistas e jornalistas como Salim Miguel, Oldemar Olsen Jr., Fábio Brüggemann, Inês Mafra, Mário Pereira, Maicon Tenfen, Cleber Teixeira, Dennis Radünz, Raimundo Caruso, Nei Duclós, Zahidé Muzart, João Carlos Mosimann, Mário Prata, Rogério Pereira, Rosana Bond, Silveira de Souza, Néri Pedroso, Tércio da Gama e Tabajara Ruas foram alguns dos participantes das etapas anteriores do projeto.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade