Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Cena de abertura do Mar Vermelho, em os Dez Mandamentos, bate recorde histórico de audiência

Das 20h35 às 21h56, a trama atingiu 28,1 pontos de média

Redação ND
Florianópolis

A novela “Os Dez Mandamentos” começou às 20h30 como de costume, mas se estendeu até as 21h55, graças à emblemática abertura do Mar Vermelho. Foi nos últimos dez minutos da trama que os telespectadores puderam ver o fenômeno natural da abertura do mar, registrado no livro do Velho Testamento. A cena da última terça-feira (10) levou a Record ao primeiro lugar isolado na audiência do país. Em São Paulo, a teledramaturgia atingiu 28,1 pontos de média, pico de 31 pontos e share de 38,9%, contra 20,8 pontos da concorrente, que no horário exibia um telejornal e uma novela. Famílias inteiras sentaram em frente à televisão para assistir as cenas em que emissora anunciou o gasto de R$ 1 milhão.

As gravações o Mar Vermelho começaram há seis meses. “Usamos muita computação gráfica, e precisávamos mandar o material para a Stargate Studios com agilidade. Os americanos ficaram impressionados com a qualidade do nosso projeto. Foi muito bacana trabalhar com eles”, afirma Alexandre Avancini, diretor da teledramaturgia, que gravou a última cena da sequência no dia 5 de novembro. O estúdio contratado pela Rede Record fica em Los Angeles e é responsável por séries aclamadas como “Revenge”, “The Walking Dead” e “CSI”. No projeto, participaram cerca de 120 animais e 200 figurantes. Para as cenas do fechamento foram produzidas quatro rampas de 12 metros de altura, feitas de madeira e metal, que despejavam 12 mil litros de água reutilizada sobre os atores e figurantes. 

Nesta terça, após Ramsés (Sérgio Marone) liberar a saída da comunidade hebreia do Egito, a rainha Nefertari (Camila Rodrigues) instigou a vingança pelo seu filho e fez o rei montar seu exército para liquidar a população de escravos, e claro, trazer a cabeça do seu ex-amor, Moisés (Guilherme Winter). O exército, considerado o mais forte do mundo após ganhar diversas batalhas, foi liderado por Ramsés, com a presença de Iquene, contra sua vontade, e o general Bakenmut. 

De longe, os nobres já avistaram o grande furacão de areia que Deus havia formado próximo aos hebreus. Acreditando em seus deuses, os egípcios continuaram o caminho até que o hebreus os avistaram e correram desesperados. Alguns escravos até discutiram com Moisés, pois diziam saber que isso iria acontecer, e que “seria melhor ser um cadáver no Egito que no deserto,” mas o profeta pediu que apenas observassem e aguardassem o livramento do Senhor.

Após inúmeras suplicas do povo hebreu aos céus, Moisés subiu até um monte, onde Deus conversou com ele, pedindo que apenas ordenasse ao povo que marche. “Levante o cajado e estenda a mão sobre o mar”, disse Deus. Assim, o mar abriu ao meio, levantando duas grandes paredes de água, secando o fundo do mar e abrindo passagem aos fieis. O capítulo de terça-feira terminou com o rei tirano e incansável ordenando que seus subordinados sigam os egípcios.

Paralelamente ao confronto no deserto, no reino egípcio, Nefertari discutia com o pai Paser, que pedia que parassem com a vingança. A rainha continuou determinada no que considerava justo, e ameaçou prender o pai caso ele continuasse a ir contra seu marido. Paser passou mal e em seguida, após dar diversos conselhos à filha, morreu. 

Indicação a melhor novela do ano

O sucesso de “Os Dez Mandamentos”, de Vivian Oliveira, está trazendo frutos a Record. A trama é uma das indicadas a Melhor Novela de 2015 pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), concorrendo com "Além do Tempo'' (Elizabeth Jhin, Globo), "I Love Paraisópolis'' (Alcides Nogueira e Mário Teixeira, Globo), "Sete Vidas'' (Lícia Manzo, Globo) e "Verdades Secretas'' (Walcyr Carrasco, Globo). 

Além disso, a Record decidiu que lançará, no começo de 2016, uma segunda temporada do fenômeno de audiência. A ideia, além de aproveitar ao máximo os bons índices da história bíblica, é fazer uma transição didática para "Josué e a Terra Prometida", outro folhetim do gênero criado pelo canal, que será centrado em Josué, sucessor de Moisés.

Vivian dará início a nova novela, tratando de assuntos relacionados a “Os Dez Mandamentos”, em seguida, Renato Modesto assume.  A partir do dia 16 de novembro, o canal vai exibir a reprise de "Rei Davi". Depois, recolocará no ar também "José do Egito", em uma tentativa de consolidar a faixa das 20h30 para produções bíblicas.

:: Mar Vermelho finalmente abre em "Os Dez Mandamentos" e impressiona por efeitos especiais

 

Divulgação/Record/ND
A cena encerrou o capítulo desta terça-feira, às 21h55
Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade