Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Carlos Delgado assume gerência de jornalismo da RICTV Record

Profissional experiente, com passagem na Record em outros Estados e em TV educativa, reforça o foco na comunidade e integração com as emissoras do interior

Redação ND
Florianópolis
03/08/2018 às 07H50

Aumentar a audiência e qualificar a programação regional é o objetivo do novo gerente de jornalismo da televisão RIC Record, Carlos Fernando Delgado, 58 anos. Com passagens nas emissoras do Grupo Ric Record, no Paraná, e Record, de São Paulo e Goiás, o profissional atuou na RTV Educativa, em Curitiba (PR) até ser anunciado nesta quarta-feira (1º) como novo gerente de jornalismo da emissora de televisão.

Carlos Delgado quer qualificar a grade da TV para alavancar a audiência em busca da liderança  em Santa Catarina - Flávio Tin/ND
Carlos Delgado quer qualificar a grade da TV para alavancar a audiência em busca da liderança em Santa Catarina - Flávio Tin/ND



Para Delgado, o principal desafio será qualificar a grade de programação local da RIC Record, com sete horas diárias, para alavancar a audiência em busca da liderança em Santa Catarina. “A televisão está muito dinâmica, a cada dois anos os conceitos que conhecemos são alterados e temos que buscar a audiência de uma geração que nasceu com o celular na mão”, destaca, em referência a forte concorrência de outros meios, como as redes sociais.

O gerente de jornalismo destaca a manutenção do foco na comunidade e busca pela fidelização do telespectador. “Precisamos contar histórias da comunidade e fortalecer a marca da RIC Record para que a pessoa assista nossa programação local um dia e volte a assistir no dia seguinte”, afirma. 

Para isso, Delgado aposta na definição de estratégias para que cada programa busque incrementar os índices de audiência, o principal objetivo.  “Estou aqui como estrategista, mas a estratégia não precisa ser apenas minha. Todos precisam trabalhar essa questão, desde o pauteiro, passando pelo repórter, cinegrafista e todos que atuam na produção, que é buscar aquilo que o telespectador tem interesse em assistir”, ressalta.

A integração com as emissoras do interior também é outro desafio. “Queremos mostrar isso de uma maneira que o telespectador de Florianópolis saiba que estamos presentes em outras regiões do Estado e vice-versa”, declara.

Feliz com a mudança na carreira profissional, Delgado encontra respaldo no direcionamento estratégico da emissora. “A Record está muito aberta para essas mudanças, sem perder o foco na comunidade, prova disso que a programação foi unificada mas sempre incentivando o aspecto de cada região”, completa.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade