Publicidade
Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 23º C

Banda Reino Fungi lança CD e comemora dez anos de carreira

Show será no Teatro Juarez Machado e contará também com uma exposição narrando a história do grupo

Redação ND
Joinville
Max Schwoelk/Divulgação
Banda. Vitor (E), Tiago, Hugues, Rômulo e Hesséx

Quem não gosta da Reino Fungi deve passar longe do Teatro Juarez Machado neste sábado. A banda joinvilense promoverá uma verdadeira overdose para fãs – e não sem motivo, afinal são dez anos de história resumidas em apenas numa noite. Mas uma noite que deverá ecoar por um bom tempo: além do novo CD, “A Música Universal do Reino Fungi”, vem na esteira uma exposição, um workshop e um documentário.

Parece um planejamento saído da cabeça de um marqueteiro, com uma ideia do tipo “vamos fazer uma baita noite especial para marcar os dez anos da banda”. Não foi nada disso. A comemoração e o lançamento de “A Música Universal do Reino Fungi” foi feita inteiramente na parceria, coisa de alguns amigos que ligaram e ofereceram seus préstimos.

Tiago Lanznaster, Vitor Torres, Hugues Torres, Rômulo Plunk e Hesséx Alone fizeram uma premier no último final de semana. Virou uma jam session regada a comes e bebes, com a participação de outros músicos da cidade. Lá, contaram a curiosa trajetória de “A Música Universal do Reino Fungi”, desde a concepção até o show de hoje, no Teatro Juarez Machado.

O próprio Hugues, o homem das baquetas da banda, não se lembrava do vácuo entre o lançamento de “Reino Fungi e o Clube do Chá Dançante” e este novo trabalho. “Meu, são cinco anos. É, realmente demorou bastante, mais até do que eu pensava”, resumiu. Demora, aliás, que deveria ser ainda maior: em princípio, o novo CD não seria um CD físico, e sim uma compilação digital de músicas a ser postada no blog da banda. Quem quisesse, bastava ir lá para fazer o download e desfrutar das dez novas canções.

O álbum foi gravado no verão de 2010, numa casa de praia em Penha. Entre idas e vindas, foi finalizado apenas no início deste ano. Daí começou a correria para reservar a data no Juarez Machado, preparação do material de divulgação e uma mini-turnê de lançamento, com show já garantido no próximo fim de semana no Bovary Snooker Pub e, talvez, uma esticada até Curitiba e São Paulo.

Para Tiago, o CD é “ecologicamente legal”. Embalagem econômica, sem encarte e com o valoroso disquinho. Tem a mesma pegada roqueira e sixtie dos anteriores, agora com a adição dos metais que já acompanham a banda nos últimos tempos. Para quem quiser cantar as novas canções, logo as letras estarão no blog – assim como as próprias músicas, gratuitamente, para quem prefere guardar o MP3 ao invés da mídia física. 

Maratona Reino Fungi

“A Música Universal do Reino Fungi” é só o começo da overdose. O show de lançamento terá uma prévia, às 15h, com a exposição “10 Anos de Reino Fungi” no hall de entrada do Teatro Juarez Machado. Depois, os integrantes partem para um workshop gratuito que integra a programação da Feira do Livro. Durante a apresentação, na qual prometem um show de imagens, projeções e luz, serão gravadas imagens para um futuro documentário sobre a Reino Fungi dirigido por Brian Hagemann. Antes e depois do show, um coquetel, porque ninguém é de ferro.

Hugues conta que toda essa vasta programação saiu ao acaso. “Tudo foi feito na parceria. As pessoas foram ligando e quando a gente viu já tinha se tornado algo muito maior do que pensávamos.” E foi na base da amizade mesmo, desde a arte do CD até camisetas, bolsas ecológicas, fotos de divulgação e o coquetel.

A cereja deste bolo deve ficar pronta em novembro. Brian Hagemann se ofereceu e está com as mãos em todos os registros em vídeo da Reino Fungi, incluindo daquele primeiro show, feito quase amadoristicamente, na Pizzaria do Nego. O material se transformará num documentário. “Os vídeos contam a história do rock da cidade, isso que é legal. Não é só a nossa história”, conclui Hugues. 

O quê: show de lançamento do CD “A Música Universal do Reino Fungi”

Quando: sábado, às 20h30

Onde: Teatro Juarez Machado

Quanto: R$ 15 (ingresso + CD) e R$ 10 (ingresso). À venda na Circus Musicales, Bovary Snooker Pub e Vento da Lua

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade