Publicidade
Segunda-Feira, 12 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Artista joinvilense dedica-se à ilustração de textos literários

Além de fazer as ilustrações, Carol trabalha no programa de extensão da Univille chamado “Arte na Escola”

Redação ND
Joinville
Fabrício Porto/ND
Caroline descobriu o talento ainda no colégio e encara o possibilidade de se tornar profissional

Caroline Corrêa da Silva, 22 anos, descobriu seu talento no colégio, ao receber elogios e incentivo dos professores quando ainda era uma adolencente. Prestes a entrar no quarto ano do curso de artes visuais na Univille (Universidade da Região de Joinville), seus trabalhos vão ilustrar um livro e um jornal neste ano.

Assinando seus trabalhos como Carol Silva, ela encara a possibilidade de profissionalização como um novo desafio lançado pelo escritor Marco Vasques. Foi dele o convite para ilustrar o livro “Anatomia da Pedra e Tsunamis”, que ele pretende lançar ainda neste semestre, e também para a edição de março do jornal “Ô Catarina”, da Fundação Catarinense de Cultura, uma vez que a ilustração é um dos elementos mais importantes do design gráfico. “Ele pediu para ver meus desenhos, eu entreguei algumas amostras e agora estou criando as ilustrações e ele está selecionando as que já concluí”, explica a acadêmica.

Além de fazer as ilustrações, Carol trabalha no programa de extensão da Univille chamado “Arte na Escola”, onde atua no banco de imagens para pesquisa sobre obras de arte. Como o curso que faz é de licenciatura, pretende dar aulas de arte e também se arriscar no mundo das ilustrações. “Se esta carreira que está começando der certo, vou ser feliz também. Já penso em me aprofundar e estudar mais as técnicas”, afirma.

Atualmente, ela tem usado nanquim para desenvolver os trabalhos, mas quando começou, na época com uns 13 anos, usava grafite. Suas representações artísticas são, na maioria, em preto e branco. A cor quase não faz parte de suas ilustrações.

“Gosto deste novo material e estou cada dia mais incentivada”, garante. Na maioria dos desenhos, a figura humana prevalece, disputando espaço com objetos do cotidiano.

Palavras de incentivo

Autor de mais de uma dezena de livros e um dos grandes nomes da literatura catarinense, Marco Vasques é só elogios para o trabalho da jovem Carol.  “Os traços de Carol Silva apresentam nevosismo, inquietação e tensão incomuns em artistas tão jovens. Ela tem nos traços uma vida, quase sempre ausente nos tempos de modismos modernoides”. Vasques está também editando o suplemento cultural “Ô Catarina”.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade