Publicidade
Terça-Feira, 18 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 22º C

Sete mortes são registradas nas estradas de Santa Catarina no feriadão

Neste domingo, a PRF registrou ao menos 90 quilômetros de fila somados em vários trechos da BR-101

Redação ND
Florianópolis
19/11/2018 às 09H50

Com o tempo chuvoso de domingo, muitos motoristas optaram por pegar a estrada mais cedo e aqueles que se dirigiram para o norte do Estado tiveram que ter mais paciência devido a um acidente na BR-376 no Paraná, próximo da divisa com Santa Catarina. Sete mortes foram registradas nas estradas e rodovias de Santa Catarina desde o início do Feriado de Proclamação da República até a noite de domingo.

Os trechos da BR-101 que apresentaram "trânsito complicado", segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal) estavam entre as cidades de Joinville e Tijucas do Sul, Itapema e Itajaí, e Piçarras e Araquari, todos no sentido Norte. Em Palhoça, o trânsito ficou parado nas proximidades do Morro dos Cavalos devido a um acidente com danos materiais que provocou nove quilômetros de retenção.

Motoristas pegaram a estrada mais cedo diante do domingo chuvoso - Foto: Flavio Tin/ND
Motoristas pegaram a estrada mais cedo diante do domingo chuvoso - Foto: Flavio Tin/ND

Ao todo, a PRF calculou 90 quilômetros de filas somados todos os trechos com retenções. Na BR-470, houve registro de congestionamento entre Ilhota e Gaspar, enquanto na BR-280, os motoristas enfrentaram fila de 26 quilômetros entre São Francisco do Sul e Araquari. Das sete mortes registradas desde o início do feriadão, cinco delas foram registradas em rodovias federais, uma a mais em comparação ao ano passado.

A primeira ocorrência foi registrada quinta-feira à tarde no Km 158 da BR-470, em Trombudo Central. Orides Ribeiro, 49 anos, morreu após o caminhão que dirigia, com placas de Arroio Trinta, sair da pista. Segundo a PRF, a vítima teria sofrido um mal súbito.

O segundo acidente com vítima fatal foi registrado na manhã de sexta-feira, na SC-449, em Sombrio, Sul do Estado. Um idoso morreu no local após a colidir a motocicleta Biz, que dirigia, contra um caminhão com placas de Içara, no quilômetro 5 da rodovia estadual. Ainda na sexta-feira, outros três acidentes fatais foram registrados.

O primeiro ocorreu às 13h no Km 143 da BR-470, em Rio do Sul. Uma batida entre dois carros resultou na morte de um homem de 78 anos, que dirigia um Lifan com placas de Rio do Sul. Outro acidente fatal ocorreu na BR-101, em Içara. A batida traseira seguida de atropelamento tirou a vida de um motociclista de 55 anos. O acidente envolveu um caminhão com placas de Morra da Fumaça e a moto com placas de Sombrio. Em outra rodovia federal, a BR-280, em Mafra, uma colisão frontal entre um carro e uma moto resultou na morte de um homem de 46 anos.

Na noite de sábado, Aline da Rosa, 24 anos, morreu em Navegantes, litoral norte do Estado. A vítima fatal conduzia uma motocicleta que colidiu frontalmente com um Peugeot com placas de Joinville. O condutor do veículo abandonou o carro na rua Orlando Ferreira, no bairro Machado, e fugiu sem prestar socorro, mas acabou preso pela Polícia Militar. Conduzido à delegacia, ele fez exame de teor alcoólico que não constatou embriaguez.

Na madrugada de domingo, às 4h50min, um jovem de 28 anos que conduzia um Ford Ka, com placas de São José, morreu após perder o controle do veículo e bater contra a mureta central no quilômetro 152 da BR-101, em Biguaçu, na Grande Florianópolis.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade