Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Semana começa com instabilidade, mas sol volta a partir de terça em Santa Catarina

No domingo, temporais provocaram estragos em cidades do Oeste e do Extremo-Oeste; ainda há chance de tempestades nesta segunda

Redação ND
Florianópolis
30/10/2017 às 11H19

A segunda-feira (30) será marcada pela instabilidade no Sul do Brasil. Todas as regiões de Santa Catarina devem ter chuva até o final do dia, enquanto que as temperaturas ficam amenas, com máximas entre 25°C e 27°C.

Chuva foi registrada na manhã desta segunda, em Florianópolis - Daniel Queiroz/ND
Todas as regiões de Santa Catarina devem ter chuva nesta segunda-feira- Daniel Queiroz/ND



De acordo com o meteorologista Marcelo Martins, da Epagri/Ciram, em Santa Catarina, a instabilidade maior será nas regiões Oeste e Meio-Oeste catarinense, onde predominam a nebulosidade e o céu encoberto. Também no Planalto Norte, Litoral Norte e em parte do Vale do Itajaí, a chuva começa no período da manhã e deve se estender até a noite. Há chance de temporais com granizo e ventania.

Já na Grande Florianópolis e no Litoral Sul, a condição é de céu parcialmente encoberto com nublado pela manhã, com chance de chuva entre a tarde e a noite.

Ainda segundo a Epagri/Ciram, a instabilidade vai perder força na terça-feira (31) e uma massa de ar mais seco e frio vai avançar e trazer tempo estável para os próximos dias, com o predomínio de sol e sem indicativo de chuva.

As temperaturas deverão apresentar queda. A madrugada do feriado de quinta-feira (2), Dia de Finados, deverá ser a mais fria da semana. Na Serra, há previsão de geada e temperaturas próximas de 0°C. Já em Florianópolis, o dia poderá amanhecer com cerca de 10°C.

Estragos no Oeste e Extremo-Oeste

Temporais provocaram estragos em cidades do Oeste e Extremo-Oeste de Santa Catarina neste domingo (29).  Em Dionísio Cerqueira, a chuva resultou em diversos pontos de alagamento.

Em São Miguel do Oeste, o Corpo de Bombeiros fez 55 atendimentos, entre cortes de árvores danificadas e imóveis destelhados parcialmente pelo vendaval.  Tangará e Concórdia também tiveram quedas de árvores e destelhamentos provocados pelo vento forte.

Em Seara, um muro caiu e prejudicou parcialmente duas casas. Outros dois pontos comerciais ficaram alagados. Houve queda de árvores em rodovias da região, como na SC-283 e na SC-155. Na SC-283, a enxurrada arrastou pequenas rochas e a rodovia ficou em meia pista temporariamente.

Em Arabutã, uma árvore caiu sobre uma casa, no Centro da cidade. Palmitos registrou danos em 180 casas,  duas escolas, duas creches, três torres de provedores de internet e uma torre de radio, além de queda de árvore na SC-154. Segundo a Secretaria de Defesa Civil, lonas foram distribuídas para os imóveis afetados pela chuva.

Em Palmitos, o vendaval derrubou quatro torres de provedores de internet e de rádio - Rogério Golin/Defesa Civil/Divulgação/ND
Em Palmitos, o vendaval derrubou quatro torres de provedores de internet e de rádio - Rogério Golin/Defesa Civil/Divulgação/ND



Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade