Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Rodovias federais de Santa Catarina têm trânsito sem retenção na tarde deste sábado

Apesar da grande movimentação, a Polícia Rodoviária Federal não registrou atipicidade nas estradas

Redação ND
Florianópolis
23/12/2017 às 17H51

Apesar de intenso, o trânsito nas rodovias federais que passam por Santa Catarina não apresenta retenção na tarde deste sábado (23). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a maior movimentação de veículos é em direção ao Litoral.

Segundo a PRF, um dos trechos com maior fluxo de veículos é na BR-101, entre o km 117 e o km 141, de Itajaí a Itapema. Também a BR-470, a região de Blumenau, apresenta bastante movimentação, mas sem retenção. Na mesma rodovia, por volta das 17h40, havia pontos de lentidão entre Apiúna e Indaial.

As fiscalizações nas rodovias de Santa Catarina foram ampliadas para festas de final de ano. A Operação Rodovida, como foi denominada, começou nesta sexta-feira (22)e vai até o dia 18 de fevereiro, domingo depois do Carnaval. Assim, a PRF vai otimizar a fiscalização e o patrulhamento de trechos reconhecidamente críticos, considerando fatores como horários e dias de maior incidência de acidentes, com ações com maior impacto preventivo, como distribuição de policiais, rondas e fiscalização com radares e etilômetros. 

Para melhorar a segurança e garantir maior fluidez nas rodovias, a PRF vai restringir o tráfego de alguns veículos de carga em rodovias de pista simples durante os feriados de Natal e Ano Novo. Caminhões bitrens, com dimensões excedentes e caminhões cegonha não poderão circular no dia 25 de dezembro e no dia 1° de janeiro das 16h às 22h.

Recomendações da PRF aos viajantes:

Planejamento da viagem - O motorista deve se informar sobre as distâncias que percorrerá, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Não esquecer documentação pessoal e do veículo;

Revisão preventiva - Providenciar a checagem do automóvel mesmo para pequenas viagens. Pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Não esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e luzes do veículo;

Pausas para descanso - O condutor deve programar paradas a cada três horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora.

Período noturno - Evite circular à noite por conta da redução da visibilidade. Viaje de dia, de preferência de manhã bem cedo, quando já há luz do sol, a temperatura está agradável e as rodovias estão com menos movimento;

Condições climáticas - Sob chuva ou cerração, imediatamente reduzir a velocidade e aumentar a distância em relação ao veículo que trafega a sua frente. Nestas condições o pavimento fica úmido e escorregadio, reduzindo a aderência dos pneus e elevando o risco de derrapagens e aquaplanagens após frenagens bruscas;

Acidentes leves - Em caso de acidente sem vítimas, com poucos danos materiais e em que o veículo ainda possa seguir rodando com segurança, o envolvido pode optar por fazer o registro em casa, pelo E-DAT (Declaração Eletrônica de Acidente de Trânsito). O documento tem valor legal, é reconhecido por outros órgãos e seguradoras. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade