Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Projeto de lei em Joinville pede que recapeamento siga normas da ABNT

Projeto em discussão na Câmara de Vereadores pede mais agilidade e qualidade na repavimentação. Até maio 48 ruas devem receber recapeamento asfáltico

Shirlei Paterno
Carlos Junior/ND
Avenida Santos Dumont recebe repavimentação em trecho que não será duplicado

 

A forte chuva no fim do ano e a execução de obras para a ampliação da rede de água e esgoto em Joinville e outras melhorias, contribuíram para agravar a situação dos buracos nas ruas da cidade. No dia 10 de janeiro um acidente, devido a um buraco, tirou a vida do pedreiro Romário Gonçalves, 43 anos, na avenida Santos Dumont. Um dia depois, três mulheres foram atropeladas, no bairro Nova Brasília, por um carro que tentou desviar de outro veículo que invadiu a contramão para não cair em um buraco.

São constantes, também, as reclamações dos motoristas por conta dos prejuízos sofridos. Nesta semana, a Prefeitura de Joinville através da Unidade de Pavimentação da Seinfra (Secretaria de Infraestrutura Urbana) realizou obras de tapa-buraco em algumas ruas da na zona Sul da cidade.

Com o intuito de agilizar os trabalhos e garantir a qualidade material utilizado no tapa-buraco e no recapeamento das vias que receberam obras, a Câmara de Vereadores de Joinville, deve discutir o PLC (Projeto de Lei Complementar) 51/2014 de autoria do vereador Manoel Bento (PT), no mês de fevereiro. O projeto que está em discussão na Comissão de Legislação e Justiça foi apresentado aos técnicos da Companhia Águas de Joinville e da Seinfra em agosto do ano passado.

O projeto prevê que o prazo para o reparo asfáltico não deve ultrapassar 24 horas após o término da obra, independente se a obra foi realizada pelo executivo ou empresa terceirizada. Além disso, o recapeamento deverá obedecer as normas de qualidade da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), respeitando as medidas de altura e comprimento de bocas de lobos, meio fio, calçadas e passeios evitando ondulações.

Segundo o vereador, se virar lei, será possível no momento da captação de recursos, incluir a verba para o recapeamento total da rua. Segundo o secretário de Infraestrutura Urbana, Romualdo França, as melhorias realizadas pela secretaria já seguem as regras. “Quando a obra é feita pelo município é realizado todo o recapeamento e as normas são seguidas”, explica.

Bento pretende fazer um requerimento de preferência para o projeto ser discutido assim que as comissões retomarem os trabalhos. Técnicos da Companhia Águas de Joinville, Amae (Agência Municipal de Água e Esgoto) e da Seinfra serão convidados a participar as reuniões e contribuir com emendas para complementar o projeto.

O presidente da Águas de Joinville, Jalmei Duarte, comentou que a Companhia está analisando o projeto e participará das conversas na comissão da Câmara de Vereadores.  Cidades como Londrina (PR), Itu (SP) e Curitiba (PR), já possuem regras parecidas.

Iniciam obras de recapeamento na avenida Santos Dumont

Começaram nesta semana, as obras de recapeamento asfáltico da avenida Santos Dumont, estão sendo realizadas as melhorias no trecho que não será duplicado, que compreende entre a rua Dom Bosco e a rotatória de acesso as universidades. Este trecho funcionará como binário com a rua Tenente Antônio João, no bairro Bom Retiro. Também estão sendo construídas as calçadas próximo ao cruzamento da Tenente Antônio João com a Santos Dumont.

Próximo a aeroporto, num trecho de 1,4 quilômetros que começa no cruzamento da rua Tuiuti, onde a via será duplicada, estão sendo realizados trabalhos de terraplanagem com retirada do solo mole e a colocação de uma base para estabilizar o terreno.  Também foram realizados trabalhos de tapa-buraco, incluindo a cratera onde morreu o pedreiro Romário Gonçalves, no dia 10 de janeiro.

As obras são um investimento do governo do Estado. As desapropriações das terras são contrapartida da Prefeitura de Joinville, conforme prevê o contrato. O secretário de Estado de Infraestrutura, João Carlos Ecker, comenta que a obra completa deve ser entregue até o fim de 2016. “É uma obra muito importante para a cidade, vai ligar o aeroporto com as universidades, bairros importantes e o Centro. Nossa intenção é entregar até o fim do ano, dependemos das desapropriações e da previsão do tempo.”

As obras na avenida incluem, ainda, um elevado de 70 metros de extensão, e 23,7 metros de terra-armado no lado Sul e mais 200 metros de terra-armado no lado Norte, entre a própria Santos Dumont e a rua Tuiuti. Serão investidos R$ 22.220.259,46. Ao todo, as obras de duplicação da Avenida Santos Dumont e a implantação do viaduto totalizam um investimento de cerca de R$ 66 milhões, explica Ecker.

Joinville terá 48 ruas repavimentadas

Até maio, 48 ruas da cidade receberão recapeamento asfáltico, o que representa um investimento de R$ 13,4 milhões através de financiamento do Badesc Cidades 2. As obras serão divididas em três lotes. O primeiro lote inclui nove ruas dos bairros Costa e Silva, América, Floresta e Vila Nova.  Outros doze bairros, além do Centro, terão ruas repavimentadas, Bucarein, Anita Garibaldi, Itaum, Guanabara, Profipo, Paranaguamirim, Boa Vista, Comasa, Iririú, Nova Brasília, Glória e Jardim Sofia (1).

Ruas que serão recapeadas

PRIMEIRO LOTE – R$ 3,5 milhões
Costa e Silva
Adriano Schondemark – 3º e 4ª semanas de abril
Comandante Paulo Serra – 2º e 3ª semanas de abril
Dona Elza Meinert – 2ª, 3ª e 4ª semanas de março
América
Alceu Koentopp – 4ª semana de janeiro e 1ª semana de fevereiro

Floresta
Arnaldo Moreira Douat - 2ª e 3ª semanas de fevereiro
Farroupilha – 1ª e 2ª semanas de fevereiro
São Roque - 4ª semana de janeiro e 1ª semana de fevereiro
Vila Nova
Bento Torquato da Rocha – 3ª e 4ª semanas de fevereiro e 1ª e 2ª semanas de março
Paulo Schneider – 4ª semana de março e 1ª semana de abril

SEGUNDO LOTE – R$ 4,2 milhões
Duque de Caxias (Centro) – 4ª semana de março e 1ª semana de abril
Jaguaruna (Centro) – 1ª semana de abril
Pastor Fritz Buhler (Centro) - 1ª semana de abril
Ministro Calógeras (Bucarein) - 4ª semana de março e 1ª semana de abril
Lages (América) – 2ª semana de abril
Marechal Deodoro (América) – 3ª semana de abril
Tijucas (América) – 3ª semana de abril
Orestes Guimarães (América)– 3ª e 4ª semanas de março
Do Príncipe (Centro) - 3ª e 4ª semanas de abril
Abdon Batista (Centro) – 4ª semana de abril
Bagé (Anita Garibaldi) – 1ª semana de março
Felipe Camarão (Anita Garibaldi) – 4ª semana de fevereiro e 1ª semana de março
Henrique Dias (Anita Garibaldi) - 4ª semana de fevereiro e 1ª semana de março
Ijuí (Anita Garibaldi) – 1ª semana de março
Max Heiden (Anita Garibaldi) – 4ª semana de fevereiro
Barra Velha (Itaum) – 3ª semana de fevereiro
Coronel Freitas (Itaum)- 3ª semana de fevereiro
Campo Erê (Itaum) – 3ª e 4ª semanas de fevereiro
Guanabara (Guanabara) – 4ª semana de janeiro e 1ª e 2ª semanas de fevereiro
Ursa Maior (Guanabara) – 2ª e 3ª semanas de fevereiro
Cidade de Patos de Minas (Profipo) – 2ª semana de março
Cidade de Pilar (Profipo) – 2ª semana de março
Cidade de Pilões (Profipo) – 2ª semana de março
Cidade de Umbaúba (Profipo) – 2ª semana de março
Cidade de Vera Cruz (Profipo) – 2ª semana de março
Laura Auler (Profipo) – 2ª semana de março

3º LOTE – R$ 5,7 milhões
Rio Velho (Paranaguamirim) – 4ª semana de abril e 1ª semana de maio
Átila Urban (Paranaguamirim) – 1ª e 2ª semanas de maio
Espigão (Paranaguamirim) – 2ª semana de maio
João Luiz de Miranda Coutinho (Paranaguamirim) – 2ª, 3ª e 4ª semanas de abril
Alcântara (Boa Vista) – 2ª, 3ª e 4ª semanas de fevereiro
Ponte Serrada (Comasa) – 1ª, 2ª e 3ª semanas de março
Júlio de Mesquita Filho (Comasa) – 3ª semana de maio
Cegonhas (Iririu) – 3ª e 4ª semanas de maio
Minas Gerais (Nova Brasília) – 3ª e 4ª semanas de março e 1ª e 2ª de abril
Marechal Hermes (Glória) – 4ª semana de janeiro, 1ª e 2ª semanas de fevereiro
Manoel Silveira (Jardim Sofia) – 4ª semana de fevereiro e 1ª semana de março
Presidente Campos Sales (Glória) – 1ª semana de março
Arthur Bachtold (Glória) – 2ª semana de fevereiro

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade