Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Projeto Colheita Literária incentiva crianças ao hábito da leitura em Joinville

Iniciativa dos funcionários da Biblioteca Rolf Colin teve seu lançamento neste sábado e segue durante a semana

Adrieli Evarini
Joinville
Luiz Fernando Cardoso/ND
Crianças brincam com livros na praça da biblioteca

 

*Especial para o Notícias do Dia

As pequenas mãos das crianças não demoraram a escolher uma história, um sonho descrito em palavras, um livro. A poucos passos, as mãos que já escreveram parte de sua própria história também não
hesitaram em colher os clássicos da literatura. Clarice Lispector, José de Alencar, Luís de Camões, Graciliano Ramos, Machado de Assis, entre tantos outros estavam ali, na praça, ao alcance das mãos. 

Foi assim que o sábado de sol começou em Joinville, ao lado da Biblioteca Rolf Colin. Estava dada a largada do projeto Colheita Literária. Com o objetivo de ressocializar a praça por meio do incentivo à leitura, os funcionários da biblioteca criaram o projeto Colheita Literária, que teve seu lançamento neste sábado (22) e segue durante esta semana. 

Para o escritor e funcionário da biblioteca Marinaldo de Silva e Silva, o projeto visa a mudar a imagem que as pessoas têm da praça, e realizar essa mudança pela aproximação com a leitura. “Queremos mudar a realidade da praça, mudar a visão que a comunidade tem desse local e ao mesmo tempo incentivar as pessoas ao hábito da leitura”, enfatiza. 

Segundo a coordenadora da biblioteca, Juciana Bittencourt da Silva, o objetivo é atingir o público que frequenta a praça, modificar a realidade do local e mostrar à comunidade os projetos de incentivo à leitura promovidos pela biblioteca. “Durante a semana estaremos também aqui do lado de fora, distribuindo trechos de livros, fotografando as pessoas lendo e instigando a população a adotar a leitura”, ressalta.

Durante toda essa semana, do lado de fora da Rolf Colin os funcionários estarão distribuindo os trechos de livros sem identificar o título e o autor. O desafio de descobrir a que obra e autor o trecho recebido pertence poderá render um livro.

Os leitores que identificarem poderão realizar a troca do trecho pelo livro ao qual pertence. A troca será realizada em setembro, no Sarau da Primavera. Além da troca, haverá exposição das fotografias feitas nessa semana de Colheita Literária e atividades artísticas.

 

Ideia baseada em filme


O escritor Marinaldo Silva conta que a ideia da Colheita Literária surgiu de um filme que apresentava um evento semelhante. “Assisti um filme e achei a ideia muito interessante e queria trazer para Joinville. Todos os funcionários se reuniram e acrescentaram ideias, e surgiu a nossa Colheita”, comenta. 

Silva, além de funcionário, escritor e um dos responsáveis pelo projeto, também encenará o personagem Dom Chicote. O personagem, segundo ele, simboliza um viajante que traz sua história de vida sobre a cabeça. “O Dom Chicote tem, sobre a cabeça, um grande livro. 

As linhas deste livro são a própria história de vida dele. E ele estará na praça durante essa semana. As pessoas podem conhecer a história do viajante”, convida. Entre os balanços e escorregadores do parque, a pequena Heloísa Zils, de apenas três anos, corria livremente com dois livros nas mãos. Eles não eram abandonados nem na hora da brincadeira.

Para a mãe, Maila Zils, o incentivo à leitura já é prática constante, e a iniciativa do projeto reforça ainda mais a frase repetida em casa. “A leitura constrói o futuro”, repete para a filha. Os irmãos Angelo Cordeiro Luçoli e Augusto Cordeiro Luçoli, de quatro e três anos, escolheram três livros, entre eles, o joinvilense Menino Caranguejo.

A mãe, Jackeline Cordeiro Luçoli, ressalta a importância de atividades culturais na cidade. “Joinville precisa de programação cultural voltada às crianças para motivá-las à cultura, à leitura e desprender os pequenos dos eletrônicos, da tecnologia”, comenta. A Colheita Literária segue durante toda a semana e estará promovendo a leitura para todas as pessoas que estiverem passando pela praça.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade