Francisco Enoque
Sou professor . Algumas situações são simplesmente revoltantes. Já sofri ameaças de alunos, fiz B.O. e todos os casos foram, pelo que fui informado, na época, encaminhados ao C.T. Ano vai, ano vem e não noto muita diferença. tenho a impressão que o C.T. apoiado no ECA encobre muitas vezes a malandragem de muitos menores através de uma serie de desculpas. "O jovem passa por problema na familia" ou " O menino possui pais violentos". Sempre a mesma ladainha. Quando eu era guri, tomava porrada dos meus pais quando realizava algum desvio de conduta, como por exemplo, simplesmente não fazer as atividades escolares ou domesticas. Comecei a trabalhar cedo, em serviço braçal e, durante a noite ia para a escola. Cresci, não virei nenhum maconheiro ou traficante. Acordava cedo para poder ter dinheiro para pagar meu tênis e minha roupa. Agora vejo um bando de marmanjos que só querem direitos... Direitos... E quando são admoestados, agem com violência. Coitadinhos!!! Falta de umas bofetadas e de serviço!
hahaha
Esse merda tinha que fazer isso na época que minha mãe era professora. Quem ia acertar as contas com ele não seria o conselho tutelar e nem a merda do ECA. Queria pegar esse merda na quebrada e encher de porrada. E levar de arrasto até a casa dele e devolver pra mãe, com a seguinte frase: Como não tens capacidade para educar um filho, vim te ajudar!
Mais comentários