Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Prefeito de Barra Velha diz que teme ter de atrasar salário do funcionalismo

Ao retornar ontem ao comando do município, Samir Mattar diz que contas da cidade estão comprometidas. Claudemir Matias rebate acusações

Redação ND
Joinville
Rogério Souza Jr
Ao retornar ao cargo de prefeito de Barra Velha, Samir Mattar criticou as finanças deixadas pelo antecessor Claudemir Matias

Ao reassumir a Prefeitura de Barra Velha na manhã de ontem, Samir Mattar (PMDB) afirmou que teme pela situação financeira do município. “Temo que a Prefeitura esteja estourada financeiramente. Quando deixei o cargo o gasto com a folha de pessoal era de R$ 1 milhão e agora chega a R$ 2 milhões. Isso quebra a administração”, reclamou.

Samir pediu uma semana para fazer o levantamento financeiro da Prefeitura de Barra Velha. “Eu temo até pelo pagamento do funcionalismo. Espero que não haja atraso, mas não será nossa culpa se isto ocorrer”, advertiu.

Sobre os fantasmas que o assombram – a nova ação da Procuradoria da República e o julgamento no TJSC (Tribunal de Justiça de Santa Catarina) de um recurso pedindo a derrubada da liminar que o manteve no cargo depois de a Câmara de Vereadores cassar seu mandato em agosto de 2011 – Samir acredita que permanecerá no cargo. “A oposição já tentou o que tinha que tentar para me tirar do cargo. Não acredito que surja mais uma decisão para deixar a Prefeitura de Barra Velha. É preciso manter a administração”, comentou.

Vice-prefeito rebate críticas

O agora vice-prefeito Claudemir Matias (PSB) rebateu a acusação de Samir de ter estourado as finanças do município, ao ponto de não haver recursos para pagar o salário do funcionalismo. “É um absurdo. Se eu paguei até agora o salário dos funcionários, como que agora não haverá condições?”, comparou. Claudemir garantiu que será candidato a prefeito e espera contar com o apoio de vários partidos.

Claudemir aguarda com expectativa o desenrolar das duas ações na Justiça. “Vou esperar os procedimentos judiciais para, quem sabe, retornar ao cargo. A população está ao meu lado e isto é o que mais importa”, comentou.

Ação

O procurador da República, Mario Sérgio Barbosa, confirmou que hoje entrará com o pedido de afastamento de Samir Mattar da função de prefeito na Justiça Federal. Segundo o procurador, Mattar responde a sete ações por improbidade administrativa e não tem foro privilegiado na Justiça Federal.

Recepção especial

Em meio a fogos e aplausos de militantes do PMDB, Samir Mattar retomou na manhã de ontem à rotina de prefeito de Barra Velha após julgamento do STJ (Superior Tribunal de Justiça) no início da semana. Ele estava afastado havia 11 meses por determinação da Justiça Federal.

Ao chegar à Prefeitura, funcionários prepararam uma recepção especial em seu gabinete. Logo em seguida, o prefeito iniciou uma reunião para definir os novos secretários municipais e demais cargos comissionados. Os nomes deverão ser escolhidos até a próxima segunda-feira, diz.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade