Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

PPS quer continuar no comando de duas comissões da Câmara

Composição das comissões será definida, oficialmente, no próximo dia 3. Na data ocorre a primeira sessão ordinária do ano

Daiana Constantino
Joinville

O presidente do PPS de Joinville, vereador Levi Rioschi, diz que irá tratar com o prefeito Udo Döhler (PMDB) sobre a manutenção do partido no comando de duas comissões permanentes da Câmara de Vereadores. Ele pretende formalizar a solicitação em uma reunião.

Até o fim de semana, a base governista deve se reunir com o prefeito Udo para discutir sobre a eleição das comissões do Legislativo, marcada para a próxima segunda, às 17h, na primeira sessão do ano. Rioschi quer evitar a perda de influência do partido nas discussões dos projetos que passam pela Câmara.

A defesa do partido é pela permanência do vereador Maycon Cesar na presidência da Comissão de Participação Popular e de Rioschi no comando da comissão de Saúde. Segundo o presidente do PPS, há um acordo entre a base governista, firmado em 2013, para que os vereadores eleitos presidentes das comissões sejam mantidos por dois anos nos cargos.

Ontem, nos corredores da Prefeitura, Udo teria dito que Rioschi tende permanecer no comando da comissão, mas que o mesmo não está certo para Maycon Cesar – que trocou o PR (partido pelo qual foi eleito), em 2013, pelo PPS. “Querem me tirar (comissão) por ter questionado o projeto do IPTU, da Guarda e outros menos importantes”, disse Cesar.

Líder de governo na Câmara, Rodrigo Fachini (PMDB) diz que nunca existiu acordo entre a base governista para que as eleições das comissões valessem por dois anos. “A base deve fazer o possível pelo município. Quando alguém está destoando, deve ficar fora”, comenta Fachini, acrescentando que a eleição é regimental – e o regimento prevê eleição a cada ano. (Daiana Constantino)
 

 

Maycon Cesar apela a eleitores

Nos bastidores, está sendo articulada uma mobilização em prol de Maycon Cesar para ocorrer durante a sessão do dia 3, na primeira sessão do ano. O vereador também solicitou que o PPS intervenha por ele em reunião com Udo.

O líder da bancada do PPS, Dorval Pretti, disse que desconhece a articulação dos dois colegas vereadores – Cesar e Rioschi. Segundo ele, o grupo ainda não se reuniu para discutir sobre as comissões. 

As comissões mais cobiçadas são a de Legislação, Justiça e Redação; Urbanismo, Obras, Serviços Públicos e Meio Ambiente; Finanças, Orçamento e Contas do Município; e Participação Popular e Cidadania. Pelos grupos, passam as propostas de origem do Executivo e do Legislativo. Depois desse trâmite, elas entram em votação para então virarem lei.

 

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade