Luiz Roberto Silveira
Uma decisão teratológica que faz a Justiça brasileira sangrar e provoca o desprestígio e desrespeito com o cidadão brasileiro que já não tem mais em quem acreditar. Quebra de hierarquia, discussões entre magistrados e provocações que muito alimentam a insegurança jurídica. Realmente Algo surreal e feio para o nosso Tribunal.
Ilhéu
Pessoal fala em "batalha judicial" o que ocorreu ontem. O que ocorreu ontem foi um ex-militante do PT utilizar do cargo que lhe foi atribuído pela ex-presidente de forma a favorecer um amigo pessoal dele, tudo demonstrando a total falta de imparcialidade e transgressão ao rito do processo, o que caracteriza os crime de advocacia administrativa (Art. 321 CP) e abuso de poder (4898/65).
Mais comentários