Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Nossos talentos: Joinvilense emplaca o décimo-terceiro aplicativo no Google Play

Autodidata, Cristiano Rossetti Pereira sempre demonstrou habilidade em criar e desenvolver aplicativos para web

Redação ND
Joinville

Desde criança, a habilidade em criar e desenvolver era uma característica bem evidente em Cristiano Rossetti Pereira. Ele começou a pintar na adolescência, quando também passava o tempo jogando vídeo game. Atualmente, com 25 anos e depois de publicar 13 jogos na plataforma da Loja Virtual Google Play, o joinvilense estreia sua mais nova produção: um aplicativo educacional, chamado Saicum (anagrama de “música”). O desafio vai além de um jogo interativo. O software tem o objetivo de desenvolver o raciocínio e valorizar as artes plásticas.

Das referências do movimento Impressionista, entre artistas como Édouard Manet, Pierre-Auguste Renoir e até Van Gogh, Cristiano uniu o útil ao agradável. No seu novo projeto, disponibilizado pelo Google Play, o cenário típico de museu francês e a trilha sonora, claro, da mesma vanguarda (entre artistas como Beethoven, Mozart e Frédéric Chopin), a ideia do aplicativo é fazer com que o personagem principal, o menino Saicum, observe o maior número de telas.

 

Leandro Ferreira
Cristiano desenvolveu tudo de forma independente, desde a concepção do desenho às referências para a trilha sonora

“Você inicia o jogo dentro de um museu de pinturas, mas na primeira sala tem um quadro que sumiu. Este quadro foi dividido em 32 peças, e estas estão espalhadas pelas 21 salas existentes no jogo. Algumas cenas são desafiantes e exigem bastante raciocínio”, explicou. Todo o espaço exige máxima atenção do jogador, pois a interação não é só com a sala, mas também com as obras de arte. Desde que jogos de plataforma voltaram à moda, como, por exemplo, o clássico Super Mario, muita gente tem se aventurado na cultura dos games.

 

O processo de criação durou sete meses e Cristiano desenvolveu tudo de forma independente, desde a concepção do desenho, o roteiro, a história, a ambientação e as referências para a trilha sonora “O ambiente é basicamente um fundo de madeira que se repete em todas as salas. O que muda são as telas. E as mobílias, na verdade, são imagens de móveis reais em que eu passei uma espécie de verniz para imitar o desenho gráfico”, conta.

Segundo Cristiano, a expectativa é boa “A Loja Virtual para baixar os aplicativos de andróide lista uma média de 80 games na página. Com uma semana de visibilidade estou entre os 40 primeiros, e tem muito jogo na minha frente que só conseguiu este ranking por causa de patrocínio. Entrei nesta sozinho e fiz minha própria aposta.”, compartilhou feliz.

Depois de publicar um game que investiu quatro meses e acabou não obtendo sucesso, Cristiano explica que entender o mercado e adquirir experiência também é necessário para o game dar certo “Não adianta só investir no gráfico, mas tem que entender que é preciso visibilidade e receber boa aceitação do público. Aí você acaba conseguindo competir.”, ressaltou. Saicum já recebeu um comentário positivo na página do Google Play “O internauta disse que gostou e comprou o aplicativo por ser de um desenvolvedor brasileiro.”, comentou. Cristiano também está tentando o mercado de games nas Redes Sociais, porém, ele afirmou que existe um pouco de burocracia para ingressar no Facebook.

Cristiano também acredita que o mercado para aplicativos de andróide é muito efêmero “Tudo é passageiro e se a pessoa baixa e curte, você recebe os acessos, mas se não é bem aceitado, no primeiro mês de ‘aposta’ já sai de exibição.”. Para ele, em Joinville tem muita gente que se interessa pelo tema, mas não sabe onde conhecer ou discutir “Então eu criei um blog e também possuo um site onde recomendo alguns aplicativos", afirma.

 Quem tiver interesse pode entrar, comentar e quem sabe o movimento cresce.”, enfatizou. Os endereços são http://cristianorossetti.blogspot.com.br e http://pluraclube.com/apps.

A dica de Cristiano para quem quer entrar neste meio, é que tem muito espaço “O mercado é forte e desenvolver aplicativos não é difícil. Vídeo-aulas disponibilizadas no Youtube são uma ótima opção pra quem quer ser autodidata; o canal ‘Neri Videoaulas’ é um dos melhores e mais didáticos.”, enfatizou. Para baixar Saicum, o link de compra é https://play.google.com/store/apps/details?id=com.saicum. O aplicativo custa R$2,00 e é necessário que seja compatível com o dispositivo.

Falando profissionalmente

Se por um lado Cristiano acredita na produção independente, por outro lado há quem diga que para um projeto, em termos profissionais, ‘virar’, é preciso pensar num coletivo de estratégias. Quem afirma é o professor Victor Vargas, 40 anos, especialista em gerenciamento de projetos. Ele defende ser necessário um investimento em conjunto e um esforço em equipe “Claro que a coisa pode dar certo se o desenvolvedor for interessado, e geralmente é, mas as possibilidades de o projeto se concretizar são multiplicadas quando existe roteiro, argumento, bom desenho, animação e, claro, a divulgação com o marketing viral”, ponderou.

Para o professor, existe um estereótipo de personalidade nos desenvolvedores de games, que geralmente são mais tímidos, estudiosos e passam horas a fio pesquisando e programando “E talvez, se eles se envolvessem com uma equipe, as possibilidades se abririam”, afirmou. Além do perfil mais introvertido, Victor acredita que “por si só, eles tentam descobrir como é que fazem as coisas. Testam, erram, passam madrugadas inteiras com os olhos no computador e não desistem enquanto não atingirem o resultado final”, analisou. De acordo com o especialista, além de todo o raciocínio, a característica principal é a criatividade. Para Victor, a cultura de criação dos games só não é maior por falta o incentivo para produzir e viabilizar. “Muitos meninos têm interesse e cada vez mais procuram saber como podem desenvolver as plataformas”, disse.

Assim como Cristiano, talentos de outras áreas (esportiva, artística, cultural, educacional, entre outras) serão destacados neste espaço. Conhece um talento? Envie e-mail para redacaoj@noticiasdodia.com.br com a história, o nome e telefone.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade