Publicidade
Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Mergulhador morre em preparativos de resgate em caverna na Tailândia

O ex-militar Samarn Kunan, 38, ficou sem oxigênio enquanto instalava tanques do gás para uma possível retirada do time a nado

Folha de São Paulo
São Paulo (SP)
06/07/2018 às 09H44

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Morreu nesta sexta-feira (6) um mergulhador da equipe de resgate que tenta tirar um grupo de 12 meninos e um técnico de futebol de uma caverna inundada do norte da Tailândia, onde eles estão desde 23 de junho.

Segundo as autoridades tailandesas, o ex-militar Samarn Kunan, 38, ficou sem oxigênio enquanto instalava tanques do gás para uma possível retirada do time a nado, por volta da 1h local (15h de quinta-feira em Brasília).

Kunan havia levado um cilindro e voltava para a base. "Perdeu a consciência no caminho de volta, seu companheiro de mergulho tentou ajudá-lo e levá-lo", disse o chefe de comando da Marinha, Arpakorn Yookongkaew.

Outros socorristas tentaram reanimá-lo, sem sucesso. O corpo foi retirado no início da manhã e enviado a Roi Et, cidade natal do mergulhador. Não se sabe, porém, o quanto a morte afetou os planos da equipe de resgate.

O chefe da Marinha disse que continuará a missão. Questionado por repórteres sobre como crianças poderão deixar a caverna mergulhando se um mergulhador profissional e adulto morreu, afirmou: "Temos que tentar de tudo".

Saman Kunan ficou sem oxigênio enquanto instalava tanques do gás para um possível resgate - Reprodução/Facebook/Divulgação/ND
Saman Kunan ficou sem oxigênio enquanto instalava tanques do gás para um possível resgate - Reprodução/Facebook/Divulgação/ND



Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade