Publicidade
Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 18º C

Laudos sobre o incêndio químico em São Francisco do Sul são finalizados pelo IGP de Santa Catarina

Documentos apontam causas do acidente e danos ambientais. Detalhes da perícia devem ser divulgados na próxima semana pela Secretaria Estadual de Segurança Pública

João Batista (JB)
Joinville

O IGP (Instituto Geral de Perícias) de Santa Catarina concluiu nesta semana os laudos técnicos sobre o incêndio químico ocorrido em setembro de 2013 em São Francisco do Sul. São dois documentos, um que aponta as causas do acidente e outro que avalia as consequências ambientais. Conforme a diretoria administrativa do IGP, os detalhes das conclusões serão apresentados em entrevista coletiva, a ser definida no início da semana que vem, quando os laudos devem ser repassados às mãos César Grubba, secretário estadual de Segurança Pública.

Luciano Moraes/Arquivo/ND
Incêndio químico em carga de fertilizantes, em setembro, cobriu São Francisco do Sul de fumaça

 

Os documentos são o ponto de partida para se apurar as responsabilidades dos envolvidos no episódio, entre a própria empresa Global Logística, a Prefeitura de São Francisco do Sul, a empresa proprietária da carga de fertilizantes e órgãos públicos fiscalizadores. Os laudos foram elaborados levando em conta análises de materiais, entre amostras do fertilizante armazenado no galpão, água, vegetação e solo, e perícia documental, envolvendo fotografias, licenças da empresa e registros e ficha do produto.

O próximo passo é pela entrega dos laudos para a Polícia Federal de Joinville e à Polícia Civil de São Francisco do Sul. Os documentos vão compor os inquéritos abertos pelos órgãos para investigar o incêndio. Nessa etapa, a polícia pode requerer novos depoimentos e indiciar os possíveis responsáveis. A decisão final sobre o caso virá da Justiça, depois de concluídos os inquéritos.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade