Publicidade
Terça-Feira, 23 de Outubro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Joinville tem a única máquina para produzir micropeças do Brasil

Equipamento de microusinagem é capaz de fazer furos menores que um fio de cabelo

Redação ND
Joinville
Kern/Divulgação/ND
Micropeças podem ser usadas em equipamentos como as placas eletrônicas

Joinville passou a contar, a partir deste mês, com a primeira máquina em operação no Brasil capaz de realizar usinagem de metais (método industrial de "esculpir" superfícies) em dimensões micrométricas e em cinco eixos. Com ela, é possível fazer cortes de até 0,0001 mm de espessura (valor até 100 vezes inferior ao diâmetro de um fio de cabelo) e produzir micromoldes, que podem ser usados na produção de peças hoje importadas, como minúsculos componentes de placas eletrônicas. A máquina de microusinagem foi instalada no Instituto SENAI de Tecnologia em Metalmecânica, que está sendo estruturado em Joinville.

A aquisição irá ajudar a inserir a tecnologia em Santa Catarina. Segundo o coordenador do instituto, Daniel de Aviz, a intenção é, num primeiro momento, desenvolver projetos de micromoldes em parceria com as indústrias, para que elas adquiram o know how necessário para adotar a tecnologia, que hoje é uma tendência de uso mundial. O instituto também irá capacitar profissionais para atuar com os novos processos.

Para trazer a tecnologia para o Brasil, o SENAI conta com a consultoria do Fraunhofer IPK, da Alemanha, um dos principais institutos de pesquisa da Europa, que possuem larga experiência na área. No começo de maio, cerca de 50 indústrias de todo o Estado estiveram em Joinville participando de um workshop para conhecer o novo equipamento.

"A microusinagem ajuda a atender uma tendência de `miniaturizar´ os produtos e de deixá-los mais leves, o que exige componentes cada vez menores", explica Daniel. A máquina poderá ser usada em empresas de ferramentaria, que produzem moldes que darão forma a produtos em processos de injeção de plástico ou fundição. Só a região de Joinville possui cerca de 400 empresas desse tipo.

De acordo com a diretora do SENAI em Joinville, Hildegarde Schlupp, o instituto será instalado em um novo prédio, em construção no SENAI Norte, em Joinville (rua Arno Döhler), com inauguração prevista para 2014. No entanto, com a chegada de novos equipamentos, alguns dos serviços já são oferecidos.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade