Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Opções de lazer variadas agitam feriado em Joinville

Visitas a museus, evento gastronômico na Expoville e passeios em parques foram algumas das alternativas

Suelen Soares da Silva
Joinville
Germano Rorato/ND
Cícero e Cristina Mesche trouxeram o filho Caio para conhecer o Museu nacional de Imigração e Colonização

 

Mesmo com o tempo nublado o joinvilense pode desfrutar ontem do feriado de Tiradentes. A cidade sem muito trânsito dava a sensação de que todos haviam viajado, a praia é sempre uma opção para quem quer descansar, mas muitos ficaram.

Passear pela cidade foi a escolha de quem resolveu aproveitar a folga nesse início da semana. Roteiro de muitos turistas, o Museu Nacional da Imigração e Colonização também está na lista de lugares que muitos joinvilenses gostam de conhecer. O local é campeão de visitas entre os museus da cidade.

O analista de sistemas Cícero Mesche, 33 anos, a esposa, a contadora Cristina Mesche, 33, atenderam ao pedido do filho Caio Mesche, 8, e após o almoço foram até o museu para que o pequeno conhecesse um pouco da história dos imigrantes do Sul do Brasil. “Nós resolvemos não viajar para descansar, organizar as nossa coisas e o Caio sempre quis conhecer o museu”, conta Mesche.

Para quem queria agito em Joinville, a opção foi o evento de gastronomia Chefs no Parque, na Expoville. Além dos sanduíches, as cervejas artesanais também foram uma boa pedida. A auxiliar administrativa Cleidiane Soares Dias, 25, veio do Mato Grosso passar o feriado em Joinville. Para conferir a diversidade de lanches disponíveis no evento, ela não se importou com as filas. “Eu vim pra passear e aproveitei para conhecer o evento. E quero provar este sanduíche”, brincou, apontando para o estande.

 

 

Germano Rorato/ND
Expoville: Evento gastronômico reuniu variedade de chefs

 

Esporte em família

No Parque da Cidade, ao lado da Arena Joinville, o espaço com uma academia ao ar livre foi convidativo para que diversas pessoas procurassem o lugar. Tinha gente jogando basquete, andando de skate, patins e dando uma boa caminhada.

E com o objetivo de praticar um esporte e fazer algo que envolvesse a família, o preparador de máquinas, Luciano Maros, 32, que reside no bairro Fátima, escolheu o parque para ir com a família.

A proximidade com o bairro onde residem e a tranquilidade foram, segundo ele, cruciais para a escolha do passeio. “Eu e a minha esposa estamos no curso de Técnico em Logística e ficamos estudando em casa no feriado. Mas resolvemos sair um pouco com as meninas. Aqui no parque é tranquilo para elas brincarem”, destaca.

Mas quem não gosta de muita agitação e prefere ficar mais tranquilo teve a opção de ir até o bairro Espinheiros e admirar as belezas naturais, no trapiche à beira da Baía da Babitonga.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade