Publicidade
Sexta-Feira, 19 de Outubro de 2018
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 20º C

Incêndio de grandes proporções atinge quatro casas no Jardim Atlântico, em Florianópolis

Fogo foi provocado pela explosão de um botijão de gás; ninguém se feriu

Redação ND com informações do repórter Fábio Bispo
Florianópolis
10/06/2018 às 00H13
Incêndio atingiu pelo menos três casas no Jardim Atlântico na noite deste sábado - Flávio Tin/ND
Incêndio atingiu pelo menos três casas no Jardim Atlântico na noite deste sábado - Flávio Tin/ND



Um incêndio de grandes proporções atingiu quatro casas do Jardim Atlântico, na região continental de Florianópolis, na noite deste sábado (9).

O incêndio começou por volta das 21h50 na rua José Luiz Vieira e se espalhou rapidamente. Pelo menos cinco viaturas do Corpo de Bombeiros da Capital e de São José estão empenhadas no local. Por volta das 22h30, o incêndio já estava controlado, mas os bombeiros ainda faziam o rescaldo das chamas. Não há vítimas. 

Sabrina Cabral Barbosa, de 30 anos, é moradora da casa onde o incêndio começou. Bastante abalada, ela contou que estava fazendo um entrevero de pinhão quando percebeu que o botijão estava prestes a explodir. Ela ainda tentou conter a explosão com tecidos molhados, mas a tática não deu certo.

Nesse momento, ela estava em casa com dois filhos e uma irmã. Quando aconteceu a explosão, o acesso principal do imóvel foi bloqueado, mas ela ainda conseguiu sair com as crianças e a irmã por outra porta.

Também moram no local o marido e o cunhado de Sabrina, mas eles não estavam em casa quando o fogo começou.  Segundo a moradora, não deu tempo de tirar nenhum bem material do imóvel, nem mesmo seus documentos. Uma equipe da prefeitura está no local para oferecer apoio às famílias atingidas e levar cobertores e roupas de cama para abrigo temporário na casa de vizinhos e parentes.  

Os imoveis atingidos são mistos de alvenaria e madeira. Conforme os bombeiros, no mesmo momento em que foi registrada a chamada para o Jardim Atlântico, a corporação também recebia outras três chamadas de incêndio na região, o que atrapalhou a chegada de viaturas ao local. 

Quatro casas foram destruídas pelas chamas - Flávio Tin/ND
Quatro casas foram destruídas pelas chamas - Flávio Tin/ND



Publicidade

5 Comentários

Publicidade
Publicidade