Publicidade
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 19º C

GAECO Joinville prende em flagrante delegado paranaense suspeito de envolvimento com jogos de azar

O suspeito foi abordado enquanto recebia propina de dois contraventores na cidade de Rio Negro(PR)

Thaís Moreira de Mira
Joinville

Um delegado da Polícia Civil do Paraná foi preso em flagrante pelo GAECO (Grupo Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) Joinville, na tarde de segunda-feira (29), em Rio Negro (PR), suspeito de envolvimento na exploração de jogos de azar. Ele foi abordado no momento que recebia propina de dois contraventores. Um sargento da Polícia Militar de Santa Catarina também foi detido durante a operação, denominada Game Over II. De acordo com o próprio GAECO, foram realizadas ainda um série de diligências na região de São Bento do Sul. 

Na comarca, a justiça expediu cinco mandados de prisão preventiva. Três deles cumpridos em Rio Negro. Também foram 18 mandados de busca e apreensão, além da ordem de interdição de duas casas lotéricas. As investigações tiveram início em 2012, através da 3ª Promotoria de Justiça de São Bento do Sul. O objetivo era apurar atos ilícitos relacionados ao jogo do bicho, como formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva. As diligências continuam, por isso, não foram revelados detalhes sobre a operação. 

O GAECO afirmou que o delegado preso foi encaminhado para Curitiba. Já os demais detidos, entre eles o sargento da PM, foram levados ao Batalhão da Polícia Militar de São Bento do Sul e à Penitenciária Industrial de Joinville. Os policiais de Joinville tiveram apoio do Gaecos de Chapecó, Lages, Criciúma, Itajaí e Florianópolis. O GAECO do Paraná e a Corregedoria–Geral de Polícia Civil do estado também colaboraram com a força-tarefa.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade